Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

5

Filme: Amigos Improváveis

AMIGOS IMPROVÁVEIS


Título Original: Intouchables
Ano: 2011
Lançamento em Portugal: 29 Março 2012
Duração: 112 minutos
Género: Comédia, Drama, História verídica
País - França
Casting:
François Cluzet - Philippe
Omar Sy - Driss
Anne Le Ny - Yvonne
Audrey Fleurot - Magalie

Às vezes as coisas mais improváveis são as melhores. Era pouco provável que fossemos ver este filme ao cinema... mas assim aconteceu. Sem sabermos mais nada para além do título, dirigimo-nos para o cinema mais próximo num dia em que mais nenhum dos cartazes nos chamava à atenção. E depressa ficámos com o olhar fixo ao ecrã, na esperança de conseguirmos saber mais sobre o que ía acontecer. 
Mas não foi só isso que nos prendeu. As cenas cómicas do filme são inigualáveis a qualquer comédia americana, e as cenas dramáticas igualmente intensas. 



A história é verídica, o que contribui para embelezar ainda mais toda a trama: Philippe é um senhor muito rico que, infelizmente, se encontra numa cadeira de rodas. Driss, por questões que apenas o destino conhece, calha em se cruzar no caminho de Philippe. Tão diferentes um do outro, tornam-se cúmplices, amigos... enfim.. tornam-se amigos improváveis, e é isso que torna a sua amizade tão especial e profunda. 



Pedimos desculpa, mas não vos queremos contar mais nada. O factor supresa é, a nosso ver, uma grande valia para quem terá a coragem (chamemos-lhe inteligência também) de dar oportunidade a um filme não americano, francês, não muito publicitado... enfim... um filme "improvável". 

Aconselhamos a NÃO verem o trailer, mas, para quem quiser arriscar, cá fica ele... 


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

5 comentários:

  1. Só posso dizer que fico eternamente agradecido à pessoa amiga que me aconselhou o filme. Para quem gosta de rir a valer e de drama aí está uma boa maneira de perder(ou ganhar) 112m arrebatadores.
    Se tem uma boa selecção de filmes este certamente irá certamente fazer parte dos seus favoritos.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Alípio! Sabemos que gostaste muito do filme e ficámos muito contentes pelo teu comentários :) esperamos que nos venhas visitar mais vezes. a tua opinião é importante para nós :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Tenho esta filme em casa há algum tempo mas nunca me pareceu interessante. Contudo, depois deste post vou vê-lo! Mal posso esperar :)

    ResponderEliminar
  4. Tal como disse, já vi o filme.

    Tirando o facto de ser em Francês (detestoooooooo!!), gostei desta história. Contudo, não foi assim tão fantástica para mim como parece ser a opinião expressa no post e no primeiro comentário.
    É uma boa história? É.
    Comovente? Sim.
    Mas também é algo previsível e não é muito diferente de outros filmes do mesmo género. Não sei porquê, mas durante todo o filme senti que já tinha visto isto em algum lado antes, mesmo sem saber especificar muito bem onde...

    Mesmo assim, aconselho o filme!

    ResponderEliminar
  5. Mary:
    não é um filme que prima pela originalidade em termos de história. Sim é previsível... mas a genialidade de casa piada? A genialidade de casa momento acompanhado com a música certa? A genialidade em nos conseguir tocar em certos aspectos? Este filme é genial e é, sem dúvida, o melhor filme de 2012 :)

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%