Envie esta página a um amigo!

sábado, 18 de maio de 2019

0

Livro: Intervenção Psicológica em Perturbações de Personalidade



Título: Intervenção Psicológica em Perturbações de Personalidade
Autores: Mauro Paulino, Márcio Pereira, Sónia Paiva, Carlos Fernandes da Silva e Dulce Pires 
ISBN: 9789896930714
Edição ou reimpressão: 07-2017
Editor: Pactor
Idioma: Português
Dimensões: 165 x 207 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 232




SINOPSE

As perturbações de personalidade têm representado um desafio terapêutico ao longo dos tempos, pela sua complexidade, rigidez e funcionamento. Esta obra parte de uma resenha histórica e teórica sobre os conceitos de personalidade e de perturbações, focando-se posteriormente numa vertente prática e interventiva sobre estas perturbações.Com base numa abordagem integrativa, este livro apresenta um conjunto de casos clínicos, sobre cada uma das perturbações de personalidade, incluindo técnicas e ilustrações terapêuticas, refletindo-se também sobre os constrangimentos e desafios inerentes à intervenção, que se reveste de exigências particulares. Refere-se ainda o contributo importante que pode ser dado pelas abordagens de terapia de grupo e terapia familiar como complemento na intervenção individual nestas perturbações.De cariz inovador, esta obra destina-se a todos os profissionais e estudantes das áreas de Psicologia e Psiquiatria, pretendendo representar uma ferramenta de aprendizagem e reflexão no âmbito específico da intervenção nas perturbações de personalidade. Sublinha-se a unicidade que cada caso pode representar e a máxima "cada caso é um caso", que devem ser sempre consideradas na intervenção terapêutica.


Opinião 
Roberta Frontini

Há uns tempos falei-vos num livro técnico fantástico: INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA COM JOVENS AGRESSORES. É um livro que, por vários motivos, aconselho e que me é especial... Podem ler mais clicando no link em cima. Mas quando a Pactor lançou este conjunto de livros, aquele que imediatamente me chamou à atenção foi este. Por isso demorei tanto a falar-vos dele. Era um livro que eu queria conhecer com calma antes de poder vir aqui falar nele. 

Antes no entanto é preciso explicar-vos que eu sou fascinada por perturbações da personalidade. São normalmente as mais interessantes (perdoem-me falar assim... é defeito profissional não é maldade), são as mais difíceis de tratar, mas são extremamente desafiantes. 

Livros deste género, na minha área, não são apenas necessários mas imprescindíveis. Não existem muitos livros traduzidos para português de portugal (quando era estudante via-me à rasca para conseguir livros em inglês quanto mais traduzidos... o awesomebooks teria dado tanto jeito...). Portanto quando vemos Professores proeminentes a falar sobre assuntos importantes como estes, só temos motivos para ficar-lhes gratos. 

Para começar temos o prefácio do Professor Pio Abreu, que é sempre uma pessoas de referência na área, conferindo assim um selo de qualidade à obra. A divisão dos capítulos está bem pensada e estruturada. Nada é deixado ao acaso e são revisitadas as várias perspectivas sobre as perturbações da personalidade (da biológica à humanista). Os vários sistemas de classificação são referidos, e é bom ver que o livro está tão actualizado que já apresenta a recente DSM-V. Foi para mim muito bom ler e poder actualizar-me. São abordadas as várias abordagens teóricas de intervenção. Aqui gostaria de destacar a minha favorita, a terapia focada nos esquemas. 

Seguem-se capítulos específicos para cada perturbação, sendo que uma das coisas de que mais gostei foi o uso de casos clínico. Ajuda a compreender e torna este livro num excelente manual de estudo. A parte que termina os casos clínicos com os desafios terapêuticos são a cereja em cima do bolo. 

A meu ver é um livro bastante completo sobre o tema. Vale a pena ter na estante e estudá-lo... 

sábado, 11 de maio de 2019

0

Livro: Os contos (Giuseppe Tomasi di Lampedusa)




Título
: Os Contos
Autor: Giuseppe Tomasi di Lampedusa
ISBN: 9789722063371
Edição ou reimpressão: 10-2017
Editor: Dom Quixote
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 233 x 17 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 256

SINOPSE


O presente volume reúne os quatro únicos contos do legado literário de Lampedusa: um texto de carácter autobiográfico, recordações de infância, e três histórias, A alegria e a lei, A sereia e Os gatinhos cegos.

Escritas no verão de 1955, Recordações de infância, como Gioacchino Lanza Tomasi explica na introdução, «revelam também o laboratório do escritor na fase da sua obra-prima». 
Seguem-se-lhe A alegria e a lei, uma alegoria natalícia perfeita no tom e na dimensão, e A sereia, o conto mais famoso da colectânea, escrito após uma viagem ao longo da costa sul da Sicília.

No coração desta fábula, no limite entre o real e o surreal, destaca-se uma formidável personagem: o antigo professor La Ciura, que em jovem conheceu o amor da Sereia, jamais conseguindo desfrutar de outro. 
O livro encerra com Os gatinhos cegos, que é dos três contos o mais próximo de O Leopardo, embora tenha nascido como primeiro capítulo de um novo romance, do qual manteve o título.

Opinião
(Roberta Frontini) 

Giuseppe Tomasi di Lampedusa é um autor siciliano e, como tal, tinha de ter um lugar de destaque no meu coração. Autor de O Leopardo, mundialmente conhecido não só pela sua qualidade literária mas também pelo filme que originou, este autor ainda não tem, no entanto, o destaque que eu penso que ele mereça. 

Quando ouvi falar neste livro pensei que se tratasse de uma colectânea de contos e fiquei logo extremamente curiosa. No entanto, não é este o caso. O livro conta com o Prefácio de Gionacchino Lanza Tomasi, e tem imensas curiosidades sobre o autor. No final fiquei com uma enorme vontade de ler O Leopardo (não, ainda não li, eu sei, é uma vergonha...). Tenho-o na estante e penso que não deverei demorar muito tempo a dar-lhe uma oportunidade. 

Assim, nesta obra vamos encontrar 4 contos. Um é muito autobiografico. A escrita de Lampedusa é fascinante, mas a sua vida também o é. Aprender como se moviam as famílias da altura foi uma enorme regalo para mim. Aprendi imenso e confesso que fiquei mesmo fascinada por ler e saber mais sobre esta época (estamos a falar no final dos anos 1800 inicio dos 1900). Tenho a certeza que em O Leopardo vou conseguir aprofundar mais esta minha curiosidade dado que essa obra também é um pouco autobiográfica (ou pelo menos foi inspirada na vida do autor). Este refere mesmo, em Os contos, que algumas passagens são autobiográficas, e de que forma o autor se inspirou em alguns cenários da sua vida para escrever uma das obras mais conhecidas mundialmente. 

No entanto, se pensa que encontrará aqui contos simples, o leitor está enganado. Esta obra é fruto de um trabalho extensivo. Não são apenas os contos que o compõe. Existem notas ao longo de todo o livro o que o torna muito rico de informação interessante. Denota-se claramente o trabalho rigoroso por detrás destes contos. E a escrita? Não me consigo cansar de referir a escrita deste autor. E mais uma vez dou por mim a martirizar-me: porque perco tempo com autores que não valem nada quando temos escritores como estes e obras fenomenais que habitam as nossas estantes? Tenho mesmo de lhes dar mais destaque na minha vida. Tenho de parar de perder tempo com o que não vale a pena. A vida é muito curta e os livros que tenho para ler são demasiados...

O meu conto favorito deste livro foi o "A sereia". Trata-se de um conto que conjuga realidade com fantasia. Eu não sou grande fã de fantasia, no entanto a forma como este conto está escrito fez com que eu desse por mim a pensar no enredo como se este tivesse ocorrido realmente. Adorei esta sensação. 

Por fim, não quero deixar de ressalvar que neste livro vamos aprender imenso sobre a vida do próprio autor. Achei esta parte fascinante. Não me refiro ao conto auto-biográfico... mas aos apontamentos que vamos encontrando ao longo da obra, e ao prefácio. O livro tem ainda mapas e fotocópias de páginas escritas pelo próprio autor, bem como fotografias antigas. Portanto, parece-me sem dúvida alguma uma obra imprescindível para todos os fãs do autor (eu arriscaria ainda dizer, a todos os fãs de grandes e bons autores). 

sábado, 4 de maio de 2019

0

Livro: A Distância entre mim e a cerejeira



Título: A Distância Entre Mim e a Cerejeira
Autor: Paola Peretti
ISBN: 9789896655648

Edição ou reimpressão: 09-2018
Editor: Nuvem de Tinta
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 227 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 200

SINOPSE

Todas as crianças têm medo do escuro, mas felizmente, para a maioria, o escuro é temporário e o medo transitório. Para Mafalda, de nove anos, o escuro é a sua única certeza e o seu futuro: dentro de seis meses, uma doença macular degenerativa condená-la-á a uma cegueira irreversível. Como será a sua vida então? Um livro com uma mensagem inspiradora e muito poética sobre superação, sonho e amizade.
Uma história comovente para todas as idades inspirada na vida da autora.


Opinião 
(Roberta Frontini)

Por vezes há livros que nos agarram logo, assim que damos "de caras" com eles. Foi o caso deste. E é por isso que insisto tanto na questão das boas capas... das boas frases... A meu ver, fazem a diferença. Este livro tem uma capa que fala logo connosco e que nos convida à sua leitura. Sim, a frase em cima que diz que os leitores de O principezinho vão adorar esta história também poderia ajudar, mas confesso que tento sempre não ir muito atrás destas frases. Nem sinopses gosto de ler. Mas uma capa, essa sim fala comigo. 

Esta história é fofa, é triste, e lê-se muito rapidamente. Confesso que o terminei num dia em que estava menos bem, por isso também mexeu muito comigo emocionalmente. No entanto penso que posso afirmar que é um livro que mexe facilmente connosco, especialmente tendo em consideração que conta a história de uma menina com um problema de vista com uma perspectiva inocente sobre as coisas. Problema de vista que a autora também tem. Portanto estamos a ler um livro que é mais do que uma simples história, ao mesmo tempo que se diferencia, claramente, de um livro de não ficção. Portanto, neste livro vamos entrar na mente de uma menina de 9 anos que aos poucos vai perdendo a vista e que vai falando sobre o que a rodeia... como vê que as pessoas à sua volta lidam com as coisas, ao mesmo tempo que vai lidando com as adversidade de se ser uma menina "diferente". 

Eu sei que classificar um livro como "fofo" pode parecer fútil.. mas sabem aqueles livros amorosos que vos enchem o coração? Foi isso que senti. 

Lembrou-me outras obras como o Óscar e a senhora cor de rosa, mas com claras especificidades. São livros importantes, são livros bons para lermos aos mais novos, para reflectirmos todos em conjunto.. são aqueles livros que, quando acabamos de ler, nos fazem pensar que os nossos problemas são tão insignificantes... 
"Algumas notícias deviam vir sempre acompanhadas de um gato para abraçar."

1%

1%