Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 27 de junho de 2016

0

Entretenimento: James Blake - The colour in anything




Quando penso em álbuns penso logo na parte estética do mesmo. Sim, eu sei, o que importa é a música. Bom, na minha perspectiva a música é o mais importante (e o artista claro), mas a parte estética do álbum tem também bastante importância. É, muitas vezes, a primeira coisa que vemos, e poderá complementar de forma sublime o conteúdo que encerra. Neste caso, a parte gráfica do álbum saltou logo à vista. Concebido pelo reconhecido ilustrador Quentin Blake, não deixa ninguém indiferente, com os seus traços fugazes e as cores sóbrias. E as cores são importantes neste album, ou não fosse o título do mesmo lembrá-lo. 

Ouvir no Spotify

Penso que um dos fios condutores deste álbum é a calma que persiste ao longo de todas as músicas apresentadas. Uma calma que o torna num álbum fabuloso para ser ouvido num dia frio de chuva ou num quente dia de verão que nos deita as energias abaixo. É um trabalho muito coeso e relaxante, mas que ao mesmo tempo apresenta um contraste de sonoridades bem conjugadas.



As letras das músicas são simples, fazendo com que as pessoas se centrem mais nas mudanças de melodias em vez do conteúdo das músicas. 

Apesar da idade do músico, o álbum demonstra quão maduro ele é profissionalmente. Gostava de tentar situar as músicas dele num estilo/vertente, mas não sou mesmo capaz. É algo de totalmente diferente que tem mesmo de ser experienciado.  

São 17 músicas em 75 minutos de pura abstracção e retirada do mundo... a sensação de paz está garantida. 

O álbum contou ainda com algumas felizes colaborações com outros artistas o que imprimiu um cunho especial em algumas músicas. 



Se eu tivesse de caracterizar este álbum em 3 palavras chama-lo-ia de:
Calmo
Relaxante
Honesto 


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%