Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 8 de junho de 2015

0

Livro + Série: Morte Súbita (J. K. Rowling) - SEM SPOILERS



Eu fui daquelas pessoas que cresceu com Harry Potter. Li todos os livros mais do que uma vez e li-os sempre que saíram. Posso dizer que Harry Potter mudou a minha vida enquanto pessoa e me moldou enquanto leitora. Assim sendo, quando soube que a autora se tinha aventurado num livro de adultos, soube de imediato que o quereria ler. Mas a leitura foi sendo adiada fruto das várias más opiniões que fui lento quer no goodreads quer em várias redes sociais.
Este não é um dos livros da minha vida. É sem dúvida um livro diferente que pode desiludir os fãs de Harry Potter, mas é uma obra muito bem construída com aspectos negativos e positivos bastante vincados. 
O que me fez querer ler o livro? A adaptação da BBC. Assim que foi anunciada peguei-me ao livro e foi por isso que decidi trazer-vos hoje a opinião deste livro, bem como a minha opinião sobre a pior adaptação que já vi feita pela BCC. 

A HISTÓRIA

Uma Morte Súbita é o primeiro livro para adultos de J. K. Rowling, a mundialmente famosa «mãe de Harry Potter». Acolhido com enorme expectativa, este surpreendente romance sobre uma pequena comunidade inglesa aparentemente tranquila, Pangford, começa quando Barry Fairbrother, o conselheiro paroquial, morre aos quarenta e poucos anos. A pequena cidade fica em estado de choque e aquele lugar vazio torna-se o catalisador da guerra mais complexa que alguma vez ali se viveu. No final, quem sairá vencedor desta luta travada com tanto ardor, duplicidade e revelações inesperadas?
Um livro a não perder.

O LIVRO

Título: Uma Morte Súbita
Autora: J. K. Rowling
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 496
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722349321

Aspectos positivos do livro: 

- A autora pega numa aldeia (inventada) e nas suas personagens para tecer uma critica à sociedade e aos valores que regem, hoje em dia, os seres humanos, e nesse aspecto esta obra é não só original como bastante inteligente. 

- Ao apresentar-nos diversas personagens, J. K. Rowling não destaca uma personagens principal. Em vez disso, todos são importantes e todos serão vistos, mais cedo ou mais tarde, com especial enfoque. Este aspecto mais positivo tem um lado também um pouco perverso que irei discutir mais à frente... 

- A autora faz um excelente trabalho ao analisar a crueza do quotidiano das pessoas. 

Aspectos negativos: 

- J. K. Rowling quis que este fosse um livro para adultos, e por isso apresenta-nos de forma algo forçada alguns temas como o sexo e a toxicodependência. Não é que eu ache mal este aspecto, mas penso que se nota que a autora foi um pouco forçada ao fazê-lo e deixou de lado o tom mais natural que utilizou aquando da escrita de Harry Potter. A linguagem por vezes é bastante crua e desnecessariamente forte. 

- O livro apresenta-nos tantas personagens que é fácil perder-mo-nos. Este é, a meu ver, um dos pontos fortes do livro (como disse em cima) mas também um ponto fraco. Ao apresentar tantas personagens, algumas com características similares, é fácil dispersar-mo-nos.

A MINI-SÉRIE







Formato: Mini-Série
Nº de episódios: 3
Duração: 180 minutos
Emissora: BBC

Quem segue o blogue já deve ter reparado que eu sou uma grande fã das mini-séries da BBC. Infelizmente este trabalho foi o pior que já vi feito por eles. Eu sou a favor de que os filmes e séries são "adaptações" e não meras cópias... mas neste caso a BBC parece que pegou na ideia da J.K. Rowling para criar uma série, e não para adaptar o seu livro. 

Assim a BBC achou-se no direito de retirar personagens essenciais, alterar cenas e diálogos, modificar tramas, finais, enfim... fiquei mesmo bastante desiludida. As descrições das personagens foram bastante alteradas assim como o propósito do aparecimento de algumas. 

Foi, realmente, uma grande desilusão. Gosto de ler um filme e depois quando vou ver a adaptação penso: como será que a personagem X vai aparecer aqui? Como será caraterizada a personagem Y? Aqui não valeu a pena pensar nisso, pois tudo estava diferente. 

A questão controversa que motivou todo o livro na série foi alterada.. e logo isso faz com que as dinâmicas entre as personagens se alterem. 
As próprias ligações entre as personagens são alteradas. Há personagens ligadas por vínculos de sangue na série que simplesmente não existem no livro, e filhos que existiam no livro que, simplesmente, desaparecem. Para não falar em algumas personagens importantes que também não existem na série. 
Uma das personagens apresenta uma psicopatologia no livro, e uma totalmente diversa na série. 
O final da série também é bastante diferente.. uma pena.

Opinião em Video:


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%