Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

0

Livro: A criança que tinha 100 anos



Ano de Edição: 2002
Género: Comédia
Autor: Ricardo Ferrand

* Por Mariana Oliveira *


Comprei este livro por impulso e foi daqueles casos em que acho que essa minha precipitação não compensou…


Sinopse:
“O detective Parrot decide tentar desvendar o mistério da casa que desaparece. Contudo, mal podia ele imaginar que nessa habitação se iria cruzar com uma criança que nunca cresceu… durante os últimos 100 anos!”


Opinião:
Este livro de banda desenhada poderia ter sido uma leitura divertida não fosse o excesso de piadas. Gosto de uma boa trama que me faça rir, mas neste livro eram piadas atrás de piadas, muitas delas recorrendo ao humor físico, um tipo de humor que não me agrada particularmente.

Relativamente ao mistério que o detective Parrot tem para desvendar, acho que o mesmo foi interessante numa fase inicial, pois não é todos os dias que nos cruzamos com uma criança que nunca envelhece. No entanto, achei que a ordem dos eventos se tornou algo confusa com umas personagens em sarilhos numa parte da casa, outras a correrem para outro lado… foi tudo demasiado rápido e algo atabalhoado.
Um ritmo de acção mais lento teria contribuído para adensar o mistério e nos transportar para uma boa história de detectives. Contudo, parece-me que não era essa de todo a intenção do autor; creio que a veia humorística foi o que realmente o motivou a escrever este livro. Pena ter exagerado nesse aspecto…  


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

1%

1%