Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

5

Anime: Neon Genesis Evangelion


Ano: 1995
Género: Ficção Científica, Acção, Drama
Nº de episódios: 26
Produtor: Hideaki Anno


Apesar de sermos grandes fãs de Animes, sempre tivemos plena consciência de que nem todos são extraordinários. Contudo, nunca tínhamos imaginado que um anime pudesse ser tão, mas mesmo tão mau até termos visto Neon Genesis Evangelion. O que nos surpreendeu ainda mais foi o facto de esta história ser uma referência no mundo dos animes e ter milhares de fãs em todo o mundo que não hesitam em classificá-la como o melhor anime de todos os tempos. Assim, foi com GRANDES expectativas que decidimos ficar a conhecer este anime tão célebre.

A história desenrola-se no futuro, tendo como pano de fundo uma organização, a NERV, que tem como objectivo combater os Angels – monstros de origem extra-terrestre que atacam a Terra. Para isso, a NERV tem ao seu serviço Evangelions (que à primeira vista podem passar por simples robôs, mas que na verdade são muito mais complexos do que isso). Os Evangelions, para funcionar, têm que ser conduzidos por adolescentes de 14 anos (não nos perguntem o porquê de tal exigência, mas tem que ser assim). Desta forma, a cada episódio, acompanhamos a luta de Evangelions contras Angels a fim de evitar que o mundo seja destruído.


Mas não se deixem enganar (como nós!) com esta história que, à primeira vista, poderá parecer interessante (principalmente para os fãs de ficção científica) pois vamos passar a descrever-vos o que é que sentimos e pensámos enquanto assistíamos a este anime:

- Cada episódio parecia um episódio dos “antiguinhos” Power Rangers (Lembram-se? “O monstro aparece, os heróis entram para dentro dos seus robôs, passam por extremas dificuldades mas no fim ganham uma grande coragem e dão uma coça nos inimigos, voltando todos felizes para casa”), o que até não seria mau de todo se tivéssemos 10 anos de idade. Mas, como já somos um bocadito mais crescidas, tivemos que fazer um esforço enorme para ver todos os episódios na esperança de que a qualquer momento a história ganhasse algum interesse;

- O protagonista é o rapaz mais indeciso/ pau-mandado/ “choninhas” que alguma vez vimos num anime (e como é o protagonista, temos que “aturá-lo” em todos os episódios!);

- Muitos dos diálogos são extremamente aborrecidos, sendo que passámos grande parte do anime a bocejar (percebemos que para os criadores desta história era suposto retirarmos um grande significado das longas conversas trocadas entre os personagens; qualquer coisa como um dilema moral que nos fizesse pensar na nossa condição de seres humanos, mas acabámos simplesmente a pensar no que é que iríamos lanchar depois de o episódio acabar);

- Os dois últimos episódios (que, à partida, finalizariam o anime e nos explicariam o cerne da questão) são os episódios mais confusos e esquisitos que alguma vez vimos. Por mais que nos esforçássemos não conseguimos perceber rigorosamente NADA (e aqui até os grandes fãs desta história estão do nosso lado pois também admitem ter ficado a olhar para o ecrã com cara de "burro em frente a um palácio" quando o anime terminou). Tal foi a confusão e desilusão dos fãs com o final, que os autores do anime se viram “forçados” a criar um filme (“The End of Evangelion”) para apresentarem um final alternativo e mais perceptível (já temos o filme em nossa posse mas, muito sinceramente, ainda não tivemos coragem para vê-lo…).

Enfim, é mesmo um anime para esquecer… Soubemos que em 2003 surgiu uma nova versão de Neon Genesis Evangelion (composta pelos mesmo episódios mas com melhorias nas imagens, banda sonora e algumas cenas adicionais que tinham sido cortadas da primeira vez que foi exibido) mas não temos ideias de vê-la num futuro tão próximo.


Quem ainda quiser participar no nosso PASSATEMPO tem que se despachar pois o prazo termina amanhã!!

Aqui fica o genérico:


Bons animes (o que implica que, com certeza, não irão ver Neon Genesis Evangelion)!!


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

5 comentários:

  1. Fizeste-me rir do início ao fim com este post! :)

    ResponderEliminar
  2. Pois Roberta, agora até pode dar para rir, mas quando acabámos de ver este anime a única coisa que nos apeteceu fazer foi chorar...pelo tempo desperdiçado!

    ResponderEliminar
  3. Contem comigo para consultar o Blogue, não para gostar de animes.HJ

    ResponderEliminar
  4. Hj,

    De facto muitas pessoas não gostam de Animes. Uns por desconhecimento outros porque não gostam simplesmente e ponto final. De qualquer forma, respeitamos a sua opinião e mais uma vez agradecemos as suas visitas!

    ResponderEliminar
  5. evangelion es un anime que fue y es considerado como uno de los mejores de toda la historia, pero debo decir que, que muchos de los puntos que uds encuentran "borrecidos" se plasman en muchos animes posteriores como gundam, u otros tipos de anime de aventuras y accion.

    un personaje principal que es debil y que se hace fuerte al final de cada episodio, un problema general que afecta a todos los humanos, un personaje romantico/erotico, que en casi todos los animes se ´presentan como una antitesis del personaje principal asuka como la mujer fuerte/decidida al contrario del personaje principal.

    finalmente tiene un final abierto de un adan y eva...
    al igual que la pelicula de nicolas cage, "knowing".

    para mi no es el mejor anime que se ha hecho pero si es recomendable para quien quiera entrar al mundo del anime.

    4 estrellas de 5
    atte rockero
    saludos

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%