Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

0

Livro: O Homem que Mordeu o Cão - Os Clássicos



 Género: Cómico
Ano de Edição: 2015
Autor: Nuno Markl
Editora: Objectiva


Quer seja pelos seus livros, por vê-lo na TV ou ainda por ouvi-lo na rádio, o que é certo é que não deve haver ninguém que não tenha ouvido falar no nome Nuno Markl. Conhecido pelo seu sentido de humor, Markl estreou-se na escrita em 2002 com o primeiro livro da rúbrica radiofónica “O Homem que Mordeu o Cão”. Depois disso, vários se seguiram até 2015, ano em que decidiu editar a mais que merecida compilação dos clássicos do “O Homem que Mordeu o Cão - Os Clássicos”. 


Sinopse: 
 "O Homem que Mordeu o Cão – Os Clássicos" é uma compilação das melhores histórias alguma vez publicadas em livro e de alguns textos inéditos.O primeiro livro do Homem que Mordeu o Cão, publicado em 2002, já vendeu 160 mil exemplares. A rubrica da rádio comercial "O Homem que Mordeu o Cão" está no ar desde 1997 e tem uma legião de fãs incondicional e muito atenta.


Opinião:
"Li o primeiro livro editado pelo Nuno em 2002 mas confesso que apenas me lembrava de duas histórias. Em relação aos livros subsequentes não li nenhum, por isso mesmo ler estes clássicos foi ler um livro novo, repleto de histórias que desconhecia. A que conclusão podemos chegar depois de ler “O Homem que Mordeu o Cão – Os Clássicos”? Simplesmente percebemos o quão estranho, divertido e irracional o Ser Humano consegue ser por vezes. 
São histórias tão caricatas que é impossível não rirmos e ficarmos espantados com a capacidade que algumas pessoas têm de se meter nas situações mais estranhas. A juntar a tudo isto, temos ainda as ilustrações feitas pelo próprio Nuno Markl. Para quem não sabe, o Nuno é cartoonista e, verdade seja dita, tem imenso jeito e os desenhos que acompanham algumas histórias são bastante divertidos. 
Apesar de toda a brincadeira e boa disposição, aquilo de que gostei mais no livro foi o facto de o próprio autor, em várias notas de rodapé, fazer comentários relativamente a ele mesmo e ao passado, altura em que editou os primeiros livros. O próprio Nuno reconhece que o passar dos anos mudam qualquer um e é com muito humor que dá verdadeiras lições de moral ao “Nuno do passado”.
Foi um prazer voltar a ler algo do Markl tantos anos depois. Figura incontornável do panorama humorístico português continua, tantos tempo depois, a entreter os seus fãs com um sentido de humor que foge ao brejeiro (arma fácil de muitos humoristas) e que se fica pelas piadas inteligentes e simples." 


Por Mariana Oliveira

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%