Envie esta página a um amigo!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

5

Livro: O Último Adeus (Kate Morton) - Opinião dupla



Título: O Último Adeus
Autor: Kate Morton
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 632
Editor: Suma de Letras
ISBN: 9789896650148

Adquirir na WOOK aqui 


Sinopse
"O melhor romance da autora reconhecida mundialmente pelo público e a crítica.
Numa majestosa casa de campo inglesa um miúdo desaparece sem deixar rasto. Setenta anos depois Sadie Sparrow, de visita a casa de seu avô, encontra uma mansão abandonada. Espreita através de uma janela e sente que alguma coisa terrível aconteceu nessa casa."


Opinião da Mariana
"É realmente fantástico quando um autor nos conquista por completo mal lemos os primeiros capítulos de uma obra sua. Tive essa experiência com a Kate Morton o ano passado quando li o “Amores Secretos” e o mesmo voltou a acontecer com “O Último Adeus”. Se da primeira vez fui apanhada de surpresa pela qualidade da sua escrita, com este segundo livro o desafio era maior: as minhas expectativas estavam tão absurdamente elevadas que existia o sério risco de a obra não estar à altura. Assim, foi com grande entusiasmo que, terminadas as mais de 600 páginas de “O Último Adeus”, percebi que simplesmente adoro esta autora!

Neste incrível livro, acompanhamos uma única história de mistério com um certo toque de romance ao longo de diferentes épocas. Desde a Primeira Grande Guerra, passando pela Segunda até à actualidade, acompanhamos o percurso de várias personagens à medida que tentamos desvendar o misterioso desaparecimento de um bebé há 70 anos atrás.
Apesar da premissa do livro parecer semelhante a outras histórias já escritas, aquilo que distingue estas páginas de quaisquer outras é a mestria com que a autora escreve. É absolutamente fascinante ler algo escrito por Kate Morton. Ela tem um dom e ele transparece em cada parágrafo, em cada linha em que a autora descreve de forma exímia os sentimentos das personagens e na forma incrível como consegue viajar no tempo de uma forma tão subtil que quando o leitor se apercebe já viajou 70 anos.

Relativamente à trama em si, o mistério foi construído de uma forma muito inteligente e apreciei a forma como a autora nos conduzia por um caminho para, de forma abrupta, mudar de direcção e nos apresentar um cenário completamente diferente. Ao longo do livro fui, assim, agradavelmente "enganada" pela Kate Morton e dei por mim, por diversas vezes, a pensar numa explicação que se viria a revelar completamente errada. Confesso que apenas não gostei de um detalhe no final do livro que me pareceu pouco plausível e que penso que se deveu à vontade da autora em encontrar um final perfeito para todas as personagens. Afinal, a realidade está longe de ser perfeita!

Concluindo, esta é uma obra que recomendo sem pensar duas vezes e que, a par de "Amores Secretos" fez cimentar em mim a convicção de que quero ler todos os livros de Kate Morton. Quem ainda não conhece esta escritora ou ainda não teve a oportunidade de ler "O Último Adeus" aqui fica uma dica: tornem o vosso ano de 2016 muito mais feliz devorando estas páginas!"



Opinião da Roberta
"Esta foi a minha estreia com a autora Kate Morton, e não podia ter começado de melhor forma. 
Como já tive oportunidade de dizer em vários vídeos do nosso canal no youtube, este livro é fantástico e perfeito para qualquer tipo de leitor, porque tem um "bocadinho" de cada coisa: romance, policial, mistério, thriller... enfim... qualquer tipo de leitor vai aqui encontrar um livro que facilmente lhe encherá as medidas. 

Há várias coisas que me fazem sentir que esta é uma autora que me irá acompanhar para o resto da vida.
Em primeiro lugar, a forma como ela escreve e como nos consegue prender no final de cada capítulo. Esta é das coisas mais difíceis de se fazer e que a autora faz magistralmente. 
Depois, a forma como  nos apresenta varias personagens como protagonistas ao mesmo tempo, sem ser confusa. Mais uma coisa que muitos escritores tentam fazer e não conseguem. Kate Morton apresenta como personagens principais de uma mesma história, personagens muito distintas, que não se confundem e que fazem totalmente sentido onde ela as coloca. 
Uma coisa maravilhosa e que quase nunca encontro noutras obras é a forma como Kate Morton nos consegue dar a perspectiva de varias personagens sobe uma mesma situação. Não o faz logo, por vezes só nos dá essa nova perspectiva muitos capítulos depois, mas quando o faz é arrepiante. 
Por fim, adoro a forma como ela não deixa pontas soltas no ar. Mesmo coisas que achamos que não têm nada de especial e que não importam, a autora consegue, páginas e páginas mais tarde, pegar e dar um significado diferente.

A cereja em cima do bolo é a referência à Agatha Christie, uma referência constante e que aqui cai na perfeição. 

Não se deixem enganar pelo enorme número de páginas.. este é daqueles livros que se devoram! É impossível parar."

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

5 comentários:

  1. Sem dúvida que a Kate Morton é mestre na arte da escrita... Não é fácil prender-nos do início ao fim... Já li todos os seus livros e só dei 4 estrelas à Casa de Riverton, ao resto dei 5 estrelas!
    Amanhã posto no meu blog o meu TOP 5 de leituras do ano mas posso desde já adiantar que O Último Adeus faz parte dele ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que bom! Eu quando terminei este fui meter os livros todos dela na minha wishlist.. impossível não querer ler todoooooooooooos :)
      Roberta

      Eliminar
    2. Olá José! Confesso que este também entra no meu Top de 2015 :D Quero ler todos dela!!

      Mariana

      Eliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%