Envie esta página a um amigo!

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

2

Livro: O Sofrimento Pode Esperar



Título: O Sofrimento Pode Esperar
Autor: João da Silva
Edição/reimpressão: 2016
Editor: Albatroz
Páginas:176
Sinopse

"O relato que aqui vos chega é genuíno, ou seja, nada do que aqui conto foi adulterado depois de ter sido escrito originalmente, pelo que peço desde já que me perdoem raciocínios menos lógicos, confusões ou devaneios. É que houve ocasiões em que foi muito difícil manter a lucidez, quanto mais escrever de forma coerente ou linguisticamente perfeita. Mas optei por manter esta narração crua, digamos assim, por entender ser esta a melhor forma de transmitir as sensações, devaneios, preocupações, enfim, a experiência do que é viver com um cancro e passar por um autotransplante de medula óssea."

Escrita em jeito de diário durante os dois autotransplantes a que o autor foi submetido, esta obra pretende transmitir uma luz de esperança a todos os que passam por uma fase aparentemente tão escura, mostrando que é possível fazer muito mais do que apenas sobreviver quando se luta contra uma doença tão devastadora.
Opinião 

Falar neste livro é falar no seu autor. E João da Silva não é uma pessoa qualquer. É um dos muitos heróis com que nos cruzamos diariamente no nosso quotidiano e que não usam placa de identificação! É um “doente profissional” como se faz intitular neste seu livro tão pessoal.
A obra conta com a colaboração do oncologista José Luís Passos Coelho. Por um lado, foi ele que escreveu o prefácio. Por outro, foi ele um dos maiores aliados no combate a este monstro terrível: o cancro. No caso de João da Silva, cancro no intestino e no testículo. Por isso, uma menção ao médico que o acompanhou não poderia de tudo faltar.

Este nosso herói, não necessitou de um fato excêntrico, nem de armas ou efeitos especiais. Lutou contra o cancro, e venceu-o. Depois, poderia fazer como muitos outros, e tentar viver a vida da mesma forma, tentando meter para trás das costas tudo o que passou. Mas não! Novamente, muniu-se de caneta e papel e, valendo-se de uma coragem sobre-humana, fez-nos um relato incrível das duras batalhas que travou entre tratamentos, internamentos e autotransplantes. De facto, e como se indica na capa do livro, este é um “Diário de três vitórias sobre o cancro”.

Vários foram os seus aliados neste combate, mas gostaria de ressalvar outro: o desporto. O vício pelo desporto muito serviu como forma de escape, mesmo em fases em que se sentia mais debilitado e sem qualquer vontade para treinar, João da Silva não se deixava abater e, mais uma vez demonstrava, o poder da força de vontade. 

Este seu testemunho é um exemplo daquilo que o leitor pode fazer por si após um diagnóstico como este. O autor procura de forma intensa (por vezes crua, mas genuína) mostrar-nos que a luz de esperança está mais além do que o próprio instinto de sobrevivência. 
Numa altura em que o cancro tem tido uma presença constante na vida de todos (quer na primeira pessoa, quer em pessoas que nos rodeia) este livro reveste-se de importância porque, para além de contar uma história de luta incrível, de persistência e de vitória, nos informa e nos deixa uma nota de esperança para todos. 

Uma leitura incrível que não o vai deixar indiferente!

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

2 comentários:

  1. Olá,
    Não conhecia, mas aprece ser bom. Gosto muito deste tipo de livros. Quero muito ler.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se gosta então este livro é capaz de servir as medidas ;)
      Boas leituras!
      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%