Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

0

Livro: O ano da dançarina (Carla M. Soares)



Ficha Técnica

Título: O Ano da Dançarina
Autor: Carla M. Soares
ISBN: 9789897543029
Edição ou reimpressão: 04-2017
Editor: Marcador
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 232 x 25 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 392

Sinopse

No ano de 1918, o jovem médico tenente Nicolau Lopes Moreira regressa da Frente francesa, ferido e traumatizado, para o seio de uma família burguesa de posses e para um país marcado pelo esforço de guerra, pela eleição de Sidónio Pais e pela pobreza e agitação social e política.

No regresso, Nicolau vê-se confrontado com uma antiga relação com Rosalinda, dançarina e amante de senhores endinheirados, e com as peculiaridades de uma família progressista.

Enquanto a Guerra se precipita para o fim e, em Lisboa, se vive a aflição da epidemia e da difícil situação política, a família experimenta o medo e perda, e Nicolau conhece um amor inesperado enquanto trava as suas próprias batalhas contra a doença e os próprios fantasmas. Este é um romance de grande fôlego, histórico, empolgante e profundo, sobre a superação pessoal e uma saga familiar num tempo de grande mudança e turbulência em Portugal.

Opinião
(Roberta Frontini)

Carla M. Soares é uma autora portuguesa de que gosto particularmente. Já vos tenho vindo a falar nas obras dela (podem ver aqui a opinião às obras anteriores). Por isso mesmo eu estava muito curiosa e empolgada para esta leitura. 

Começo por vos querer falar na capa. Acho-a formidável e muito bem escolhida: a escolha de cores está fantástica, e a imagem ajuda-nos a "entrar" no Portugal de 1918.
Não me parece que se trate de um romance histórico, mas de um romance de época. No entanto, nota-se muito bem que a autora estudou duas coisas de forma muito aprofundada: 1º a história nacional (mas também mundial) desta época; 2º as questões de stress pós traumático (PTSD). Uma das personagens principais, Nicolau, é ferido em guerra e volta para Portugal com PTSD. A caracterização do sofrimento de Nico está muito bem feita e a Carla está, sem dúvida de parabéns neste ponto. Também se nota bem a pesquisa exaustiva que a autora deve ter feito para nos conseguir apresentar uma época conturbada da História da Humanidade. Apesar de tudo, a Carla consegue entranhar os factos históricos na narrativa que conta, sem parecer que nos está a dar uma aula de História. Assim, gostei particularmente do enquadramento histórico, social e político da época. 

Mais uma vez a autora apresenta-nos personagens fortes e destemidas, prontas a fazer o que for preciso pelos valores mais importantes da vida: liberdade, amor e amizade. E são várias as personagens que nos são apresentadas. A história não se centra nas personagens principais, mas são-nos apresentadas histórias paralelas igualmente interessantes. Esta é uma das características também desta autora que tinha seguido mais ou menos a mesma estrutura no romance anterior "O Cavalheiro Inglês". Assim posso afirmar que a construção das personagens foi adequada e interessante, aumentando assim o valor de toda a narrativa-

Denota-se uma evolução da escrita da Carla, que está ainda mais cuidada mas fluída ao mesmo tempo e, por vezes, a roçar o lírico. O meu pormenor favorito foi.. o título. É verdade. Adoro quando, a certa altura da leitura, uma pessoa tem um momento "revelação", onde o título faz todo o sentido...! Um pormenor muito interessante da obra. 

Podem ler este livro com o aviso de que, provavelmente, irão rir, apaixonar-se por algumas causas, chorar com momentos mais dramáticos e sentir-se impotentes por não conseguir ajudar algumas das personagens..

Por fim, deixo-vos um vídeo onde falo um pouco sobre os livros anteriores da autora. Espero que gostem. Boas leituras.


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%