Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

4

Filme: Mad Max - Estrada da Fúria



Título Original: Mad Max - Fury Road
Ano: 2015
Género: Acção
Realizador: George Miller


A partir de agora, sempre que pensar na categoria de cinema "Acção" irei visualizar instantaneamente imagens do filme "Mad Max - Estrada da Fúria". É que se há produção que merece estar incluída nesta categoria é, sem margem para dúvidas, este filme.
Já tinha ouvido falar nos míticos filmes da série Mad Max, mas nunca me tinha atrevido a vê-los pois confesso que tenho uma certa aversão a ver películas antigas. Por isso mesmo, foi com satisfação que fiquei a saber que poderia "espreitar" o universo do herói Mad Max este ano com a estreia do seu mais recente filme.


Sinopse:
"A história decorre num futuro pós-apocalíptico, tendo como pano de fundo um vasto deserto. Aí, o bem mais precioso é a água e a palavra de Immortan Joe, um verdadeiro ditador, é lei. É nesse cenário desafiante que Mad Max, prisioneiro do líder daquele povo, se junta a Furiosa, braço direito de Immortan Joe, para tentarem escapar daquele lugar levando consigo uma carga preciosíssima. Enfurecido ao descobrir que foi traído, Immortan Joe dá início a uma louca e enraivecida perseguição que irá pôr os dois protagonistas à prova."


Esta foi das maiores surpresas cinematográficas que tive este ano. Não estava nada à espera de gostar TANTO deste filme. Foi acção do início ao fim! 
É verdade que algumas pessoas que viram a trilogia Mad Max criticam este 4º filme, algo desse género seria inevitável por parte dos maiores fãs que não viram com bons olhos, logo à partida, um novo filme para juntar à saga. Contudo de um ponto de vista de quem nunca tinha visto nenhum dos filmes anteriores, posso dizer que "Mad Max - Estrada da Fúria" cumpriu o propósito que buscava nele: entreter.
Se estão à procura de uma história com diálogos profundos e momentos de pura reflexão, o melhor é darem meia volta e escolherem outro filme pois aqui só encontrarão muita destruição, gritos e tiros.
Um outro aspecto que me agradou bastante nesta produção foi a concepção deste mundo pós-apocalíptico que foi diferente de tudo aquilo que tinha visto até então: desde as roupas e aspecto das personagens, passando pelos objectos e a utilidade a eles atribuída, terminando na ideia por detrás de uma sociedade tão distorcida, tudo neste filme foi de uma originalidade agradável.
É verdade que a história explora vários extremos (de loucura, de violência) que não irão por certo agradar aos leitores mais sensíveis, mas penso que todo o meu discurso até aqui já deixou claro que este é o filme ideal para os fãs de histórias de acção com bastante violência à mistura. 
Mad Max, ganhaste mais uma fã!


Por Mariana Oliveira

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Muito bom o filme, já o 1º tinha sido algo... diferente.

    ResponderEliminar
  4. Gostei muito da review. Concordo plenamente quando diz que foi uma das surpresas (positivas!) do ano! Parabéns ao blog :)

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%