Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 1 de março de 2010

3

Filme: A Serious Man

Ano: 2009
Realizadores: Ethan Coen
                       Joel Coen
Género: Drama, Comédia negra
Data de Lançamento em Portugal: 18 Fevereiro 2010
Duração: 106 minutos

Mais um filme nomeado para a noite de 7 de Março e que acreditamos ter potencialidades para ganhar (apesar de os seus adversários serem superiores). Acabámos por ir ver este filme apenas porque estava nomeado para os óscares uma vez que, a sua história, não é muito apelativa (à primeira vista). Com este filme, reencontramos os irmãos Cohen nas comédias negras uma vez que este é um filme dramático e polémico mas igualmente interessante. Sem dúvida diferente e menos comercial dos outros que participam na noite dos óscares.

De facto, no filme encontramos Larry Gopnik um indivíduo peculiar: simpático, completamente inofensivo e seguidor e cumpridor das regras sociais, vivendo uma vida aborrecida mas que considera ser feliz. Tudo se altera no dia em que a sua mulher o avisa de que vai ser trocado. A partir desse momento, tudo começa a desabar: a sua profissão, as suas escassas relações, etc, tudo coisas que lhe vão dificultar o seu dia-a-dia e obcecá-lo enquanto procura algum tipo de solução para resolver o irresolúvel.

É um filme interessante mas, infelizmente, muito longo. Por outro lado prende-se muito na religião judaica o que, por um lado, pode ser interessante mas que, por outro, nos faz "perder" um pouquinho no filme (uma vez que é menos fácil de entender) e torna-se pouco apelativo (e também pouco explicado). Deve ter havido muitas piadas que nós não entendemos porque não estamos familiarizadas com a religião.
O argumento também elabora uma forte critica à nossa sociedade e, mesmo, à entreajuda entre as pessoas (algo que, se tem cada vez mais extingido na nossa sociedade). Algumas personagens acabam mesmo por se tranformar em arquétipos representando o adultério, o autoritarismo, a irresponsabilidade, a preguiça, a falsidade e mesmo o juízo errado.

Enfim, é um bom filme, com a presença do humor característico dos irmãos Cohen, um pouco aborrecido em algumas partes e com um fim "fraquinho" e enigmático para que, cada um, possa dar a sua interpretação o que não é algo que agrade a muita gente.

De notar também que este filme é muito parecido com "Assassínio de Richard Nixon"...mas esse talvez fique para um próximo review..

Aqui fica o trailer



Agora, aguardamos a vossa opinião ao mesmo tempo que vos lembramos para participar no nosso PASSATEMPO...PARTICIPEM!

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

3 comentários:

  1. Parece ser um filme que para apreciar devidamente temos que estar no dia certo com o humor certo. Mas sem dúvida que deve ser muito interessante, ou não estivessemos a falar de um filme dos irmãos Cohen...

    Boa semana!!!

    ResponderEliminar
  2. Acertaste em cheio...é preciso o momento certo e com o humor certo...o meu humor não poderia estar "pior" - tinha visto, recentemente, o hurt locker...pelo que foi fácil gostar deste :)

    ResponderEliminar
  3. Também já dei uma vista de olhos a este filme e basicamente partilho a minha opinião com a da reviewer...
    Este deve ser particularmente adequado a judeus com bom sentido de humor, já que esses tenho a certeza de que entenderão o filme da melhor maneira.
    Em relação ao filme, trata-se de uma comédia negra, ou como lhe gosto de chamar, uma comédia triste, muito ao estilo dos Cohen, bom para dar umas risadas, acabando por ser uma sátira à vida nos subúrbios...
    Opinião Final: não é filme para se ir ver ao cinema e também está longe de ser espectacular, mas para quem gosta do estilo, força, também não se vão arrepender ;)
    PS: uau é a primeira vez que vejo a palavra arquétipo numa review xD continuem meninas

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%