Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 15 de março de 2010

4

Livro: Almost Blue


Título: Almost Blue
Autor: Carlo Lucarelli
Género: Policial
Ano: 2005
Páginas: 220

Li este livro assim que saiu uma vez que sou grandes fãs do autor. Carlo Lucarelli tem imensos programas televisivos super interessantes, especialmente sobre casos reais de crimes conhecidos (ou não) e que nunca foram resolvidos onde ele dá as várias possíveis soluções e os suspeitos que acha que poderão ter a ver com o caso. É realmente um óptimo apresentador e a sua escrita é simples, fluída, crua e misteriosa. Não podía deixar de ler!

No seu livro, Almost Blue (editado em Portugal pela Verbo), encontramo-nos em Bolonha onde um serial Killer (de nome Iguana) anda à solta e frequenta, especialmente, as faculdades de Bolonha (em Itália). Quando mata, assume a identidade da sua vítima.
Para o capturar, foi contratada uma jovem e determinada detective que terá para ajudá-la Simone, um rapaz cego de nascença com uma extraordinária capacidade de intuição e audição que, através de um scanner, se diverte a ouvir as conversas dos polícias e dos camionistas. Interessante é vermos como usa os cheiros, como "ouve" e como usa todos os outros sentidos, para se relacionar com as pessoas.

O filme foi adaptado para o cinema, mas a adaptação foi terrível e não o consigo recomendar a ninguém. Vale bem mais ler o livro (o que acontece na maior parte das vezes) mas, neste caso, o filme é mesmo horrível.

De qualquer forma coloco aqui o trailer do filme mas, POR FAVOR, não se guiem por ele para decidir, ou não, ler o livro.


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

4 comentários:

  1. Parece interessante... Nunca tinha ouvido falar nem no autor nem no livro, mas tanto o criminoso como os detectives parecem muito engraçados!
    Quando tiver tempo, tenho de dar uma olhadela xD

    ResponderEliminar
  2. Eu também nunca tinha ouvido falar, mas fiquei curiosa. Não costumo ler muitos policiais mas quando os leio fico sempre muito entusiasmada. E concordo, na maior parte das vezes os livros são bem melhores que os filmes, aliás, pela minha experiência nunca vi um filme que conseguisse ultrapassar o livro!!

    ResponderEliminar
  3. Eu li o livro e adorei. A leitura não é muito fácil, mas por isso mesmo, se torna ainda mais interessante. A(s) forma (s) de apresentar a trama é deveras sui generis. A não perder!

    ResponderEliminar
  4. Obrigado Helena..é realmente um livro fantástico..mas não me lembro de ser de leitura pouco fácil...ou então é a nossa genialidade que não permite torna-la difícil =))

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%