Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

0

Livro: O Jardim dos Segredos




Título Original: The Secret Garden
Ano de Edição: 2011
Género: Romance, Mistério
Autora: Kate Morton
Editora: Porto Editora


* Por Mariana Oliveira *

Quando se trata de Kate Morton, já me convenci de que não há como errar. Tudo o que li dela até ao momento foi absolutamente excepcional. Por isso, foi sem grande surpresas que “O Jardim dos Segredos” entrou para o grupo de melhores leituras deste ano.


Sinopse:
"Nas vésperas da Primeira Guerra Mundial uma criança é encontrada só, num barco que se dirigia à Austrália. A mulher misteriosa que prometera tomar conta dela tinha desaparecido sem deixar rasto. No seu 21.º aniversário, Nell Andrews descobre algo que mudará a sua vida para sempre. Décadas depois, embarca em busca da verdade, numa demanda que a conduz até à costa da Cornualha e à bela e misteriosa Mansão Blackhurst, em tempos propriedade da aristocrática família Mountrachet.Com o falecimento de Nell, a neta Cassandra recebe uma herança surpreendente. A Casa da Falésia e o seu jardim abandonado são famosos nas redondezas pelos segredos que ocultam - segredos sobre a família Mountrachet e a sua governanta, Eliza Makepeace, uma escritora de obscuros contos de fadas. É aqui que Cassandra irá por fim desvelar a verdade sobre a sua família e resolver o mistério de uma pequena criança perdida."


Opinião:
Uma das coisas de que mais gosto nas obras da Kate Morton são as épocas em que as histórias se passam. Em “O Jardim dos Segredos” mais uma vez viajamos no tempo entre o presente, a década de 70 e o início do século XX. A forma suave como a autora transita de uma época para a outra é fascinante e é extremamente curioso ler sobre as mesmas personagens em períodos diferentes e perceber o que mudou e o que permaneceu igual.
Tal como todos os autores de sucessivos bestsellers, a escritora australiana descobriu a sua fórmula para o sucesso. Neste caso, nas suas obras espera-nos sempre um grande mistério, com um pouco de romance à mistura.
No caso particular deste livro, sendo o terceiro que leio da autora, confesso que pela primeira vez tive alguma dificuldade em “entrar” numa das suas histórias. Por algum motivo, as primeiras páginas estavam a ter alguma dificuldade em captar a minha atenção. Contudo, à medida que fui conhecendo as personagens e o mistério se adensou, dei por mim novamente rendida ao génio de Kate Morton!
Toda a história assume um tom quase mágico visto que, tal como o próprio título indica, grande parte da acção decorre num jardim, neste caso um jardim secreto isolado do resto do mundo, onde se ouve o mar e onde o mundo civilizado não consegue de forma alguma chegar. Haverá cenário mais encantador do que este? Dei por mim a percorrer o labirinto, a imaginar-me sentada à sombra das majestosas árvores do belo jardim e a magicar sobre a resolução do grande mistério. Se é verdade que, pela primeira vez, consegui descobrir com antecedência a resposta para a sua resolução, não foi por isso que fiquei menos deliciada com a forma como tudo se desenrolou e nos foi apresentada a desejada resposta.   

Finda esta leitura uma certeza saiu fortalecida: quero continuar a ler mais livros de Kate Morton. Enquanto as suas palavras continuarem a fazer-me sonhar, a desafiar-me com as suas questões e a fascinar-me com a força das suas personagens, continuarei a ler os seus fantásticos livros!

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%