Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 19 de março de 2015

0

Livro: The Invention of Hugo Cabret



Ano de Edição: 2007
Género: Fantasia, Aventura
Autor: Brian Selznick


Adiei a compra deste livro durante meses pois achava-o caro, contudo depois de o ler percebo que vale cada cêntimo gasto!

Sinopse:
"A história decorre na década de 30, na cidade de Paris. O principal palco de acção é uma estação de comboios onde Hugo, um jovem de apenas 12 anos, vive sozinho sem que ninguém saiba que é ele o responsável por percorrer o interior das paredes do edifício para acertar todos os seus relógios. Nessa vida solitária, apenas uma coisa parece dar um propósito a Hugo: um autómato avariado que, segundo o pequeno rapaz pensa, contém uma mensagem secreta deixada pelo seu falecido pai. Contudo, a tarefa de arranjar o fascinante objecto será muito mais difícil do que à partida seria de prever e as peripécias esperam Hugo ao virar de cada esquina."


Opinião:
Esta obra foi uma verdadeira lufada de ar fresco! É sempre tão agradável, para quem leva mais de 20 anos a ler, encontrar um livro original, surpreendente e especial.
A começar pelos próprios acabamentos do livro: é notório que tudo, desde a capa até à cor das páginas, foi pensado ao pormenor. A sua estética é absolutamente perfeita.
A história é simultaneamente simples e bela, repleta de factos históricos fascinantes (e que agradará particularmente aos fãs de cinema, grupo no qual me incluo) e de momentos comoventes. Se é verdade que alguns aspectos são algo previsíveis, não é menos verdade que o factor chave do livro nos mantém completamente fascinados e presos às suas páginas. Do que falo? Das suas belíssimas ilustrações! Feitas pelo próprio autor, são um verdadeiro regalo para a vista.
"Mas existem imensos livros com ilustrações!", devem estar vocês a pensar. Sim, mas não como em "The Invention of Hugo Cabret". É que neste livro as ilustrações não são meramente estéticas, sendo sim usadas para contar partes da história. Assim, cada virar de página tornou-se numa surpresa, pois eu nunca sabia se me iria deparar com texto ou se uma série de belas ilustrações apareceriam para me descrever os acontecimentos.
Tomei conhecimento deste livro através de blogues e estou muito agradecida por isso. Esta opinião acaba por ser a minha tentativa de fazer aquilo que outros fizeram por mim: dar a conhecer uma obra fascinante!


Por Mariana Oliveira


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%