Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

0

Livro: Ao Som dos Tambores

 
Ano: 2015
Género: Mistério, Ficção Científica
Autora: Susana Silva
Editora: Chiado Editora



É sempre entusiasmante quando decidimos ler o primeiro livro de um escritor. Ainda para mais, quando se trata de uma autora portuguesa que decidiu aventurar-se pelo mundo da literatura em Portugal, tão difícil como bem sabemos.


Sinopse:
"Pontapeou uma pedra que se encontrava à sua frente e que foi parar à berma da estrada. Ele nem se importou. Mas quando olhou em volta… algo estranho… Ele estava no meio da movimentada estrada, e… nem um carro tinha passado. Olhou para um lado e para o outro, nem uma única pessoa se via, nem um motor de ouvia, o silêncio era de tal ordem que a presença de Gil parecia incomodar. Nada era racional naquela situação. Ansiaram o retorno daqueles que partiram, no entanto, este tornou-se mais assustador que a sua ausência. A vacuidade daqueles corpos anunciava o pior. Talvez a vida não tornasse a ser aquilo que tinha sido em tempos. A incrível história de Gil e de alguns amigos que assistem ao misterioso desaparecimento de todas as pessoas, tentando sobreviver com os meios subsistentes. Uma aventura onde há lugar à intrigante história do desaparecimento e retorno da humanidade e na qual Gil, família e amigos se vão tornar peões importantes num misterioso jogo de conspirações que parece interminável."


Opinião:
"A premissa desta história despertou a minha atenção desde o início e foi com entusiasmo que agarrei neste livro.
Desde muito cedo que o mistério entra na trama: afinal, o que poderá ter acontecido para, de um momento para o outro, quase toda a população mundial desaparecer? E igualmente interessante: como reagirão aqueles que ficaram cá? 
Esta segunda questão foi mesmo aquela que mais me cativou. Afinal, como ficaria o mundo se de repente quase todos desaparecêssemos? Será que continuaria a haver internet, rede de telecomunicações, electricidade? Como ficariam as cidades ao fim de alguns meses de abandono? Foram todas estas questões que a Susana Silva abordou, ao mesmo tempo que mostrou o lado mais íntimo das personagens: como é que simples adolescentes conseguem lidar com tudo isto à medida que, inevitavelmente, são obrigados a crescer e amadurecer?
Apesar de ter uma temática muito interessante, confesso que gostava que a autora tivesse conduzido a história de outra forma. Houve aspectos que penso que poderiam ter sido melhor explorados e a Susana passou por eles de uma forma demasiado breve. Alguns elementos, se tivessem sido melhor explicados, teriam contribuído para que a história ficasse mais rica.
Conseguimos perceber que a autora ainda está a dar os seus primeiros passos na arte de contar histórias mas é disso mesmo que a escrita se trata: é uma jornada na qual aprendemos e nos tornamos melhor a cada palavra que escrevemos."

Por Mariana Oliveira

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%