Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

0

Livro: Contos de Poe


 Título Original: relatos de Poe
Ano de Edição: 2010
Género: Mistério, Terror
Autores: Denise Despeyroux e Miquel Serratosa
Editora: Dinalivro


Há algum tempo o FLAMES organizou um passatempo em parceria com a editora Dinalivro no qual oferecia um livro, no mínimo, curioso. Tratava-se da obra "Contos de Poe", um livro ilustrado que consiste na adaptação de três contos do conceituado escritor Edgar Allan Poe. Já naquela altura fiquei muito curiosa relativamente a esta obra, por isso foi com grande alegria que consegui comprar o último exemplar que estava disponível na banca da editora na passada edição da Feira do Livro do Porto. Posso mesmo dizer que este foi apenas o meu segundo contacto com algo relacionado com Poe, depois de ter visto há umas semanas um filme de que já aqui falei: "O Refúgio de Stonehearst".

Sinopse:
"Edgar Allen Poe é uma das figuras mais enigmáticas da história da literatura. A posteridade não o livrou da fama de escritor excêntrico, viciado no álcool e no jogo. Considerado precursor de vários géneros literários, nomeadamente Ficção Científica, Fantástico e Policial, é, sem dúvida, um dos maiores nomes da literatura norte-americana. Com a adaptação para banda desenhada de alguns dos seus contos mais representativos - "O escaravelho de ouro", "O método do Dr. Alcatrão e do Professor Pena" e "A queda da casa de Usher" -, os leitores mais jovens poderão ter uma amostra breve mas muito competente do talento literário deste magnífico contador de histórias. Duzentos anos depois do seu nascimento, Poe continua a ter o mérito raro de atrair gerações sucessivas de leitores. O objectivo deste livro é apenas contribuir para que esse fascínio possa começar um pouco mais cedo."


Opinião:
"Em primeiro lugar, não podia deixar de falar de uma engraçada coincidência: o segundo conto do livro - "O método do Dr. Alcatrão e do Professor Pena"- é o conto que inspirou o filme de que falei no início deste post. Foi interessante comparar as semelhanças e diferenças entre as duas histórias.

Agora falando numa maneira geral de todo o livro, apesar de a capa ter como principal destaque uma caveira, o livro está escrito de forma a que os leitores mais novos possam usufruir da sua leitura. As histórias estão descritas de uma forma simples e não exageram na componente do terror. Daí que acredite que um leitor a partir dos 10 anos possa perfeitamente ler este livro sem ter, necessariamente, pesadelos à noite. 
Contudo, não se pense que os adultos não desfrutarão de "Contos de Poe", pois falando na minha experiência, foi um verdadeiro prazer conhecer estas histórias curiosas e caricatas com um detalhe que, a meu ver, é o verdadeiro tesouro do livro: as ilustrações. Eu simplesmente ADOREI as ilustrações de Miquel Serratosa! Estão perfeitas para este tipo de histórias e são de uma qualidade tão boa que dei por mim, depois de ter terminado o livro, a folhear novamente algumas páginas para voltar a apreciar a qualidade deste ilustrador. Gostei tanto da componente estética desta obra que certamente voltarei a lê-la, só para poder voltar a apreciar este livro que já considero um dos meus "tesouros" da minha colecção pessoal."

Depois do filme e depois de "Contos de Poe", resta-me mesmo ler algo escrito pelo próprio Edgar Allan Poe sabendo que este livro serviu de aperitivo perfeito para mergulhar no universo de um dos escritores mais emblemáticos de todos os tempos!


Por Mariana Oliveira

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%