Envie esta página a um amigo!

domingo, 3 de abril de 2016

0

Deixava de dormir por... : Novidades do mês de Março

Ainda vai chegar o dia em que vamos aprender o truque para resistir às novidades literárias. Até lá, só nos resta sonhar com os livros que foram editados em Portugal durante o mês de Março.



"Cinco mulheres desesperadas, um inglês desparecido, um inspector muito pouco seguro e muito chá, são apenas alguns dos ingredientes deste livro delicioso. Em A Felicidade é Um Chá Contigo o inexplicável desaparecimento de Atticus Craftsman é o mote para uma intricada história de contornos dúbios e quase inenarráveis, com bruxedos, revistas literárias e muitas tapas. O inspector Manchego está encarregue de desenredar esta trama na qual a comédia romântica se entrelaça com o drama mais ternurento, e a intriga policial dá lugar ao maior achado literário de todos os tempos. Aquilo que parece difícil acaba por ser tornar fácil e todos os problemas se afogam num mar de lágrimas… de tanto rir. Tudo isto para chegar à conclusão de que, aconteça o que acontecer, o amor consegue explicar tudo."







"Em Julho de 1945, depois de sobreviver ao campo de concentração de Bergen-Belsen, Miklós, um jovem húngaro de vinte e cinco anos, é enviado para um campo de refugiados na Suécia. Pele e osso, desdentado, doente, o médico dá-lhe poucos meses de vida. Mas morrer depois de sobreviver a uma guerra não está nos planos de Miklós. Ele não se sente sozinho. Sabe que que há 117 mulheres da sua terra a viver em campos de refugiados na Suécia. Ignorando a sentença de morte da febre que o atormenta todas as manhãs, envia uma carta a cada uma delas. Alguma haverá de sucumbir à sua veia poética e sedutora caligrafia. A centenas de quilómetros, Lili responde. Assim começa uma história de amor redentora e inesquecível entre dois sobreviventes que eram também sonhadores. Baseada na história real dos pais do autor e narrada a partir das cartas trocadas entre os dois, o romance de Péter Gárdos relembra-nos que o amor é uma força de vida, capaz de vencer a própria morte."



"Um thriller intenso e inquietante inspirado na extraordinária história real de três irmãos – os irmãos de um dos autores deste romance, Stefan Thunberg - que cometeram dez audaciosos assaltos a bancos na Suécia, em apenas dois anos. Nunca nenhum cometera um crime. Todos tinham menos de vinte e quatro anos. Transformaram-se nos criminosos mais procurados da Suécia. O seu vínculo foi forjado enquanto cresceram sob o jugo de uma família violenta. E do homem que os moldou dessa forma: o pai. Quando o seu incrível percurso chegou ao fim no turbilhão da imprensa internacional, todos mudaram para sempre como indivíduos e como família. Baseado numa série de acontecimentos violentos e macabros que marcaram a Suécia na década de 1990, o livro é a história de um destino comovente de uma família, do amor que une três irmãos e da complexa relação entre pais e filhos. O livro é narrado a dois tempos: no passado, onde podemos perceber a dinâmica familiar, assim como a tirania e influência negativa do pai, e no presente, onde decorrem os assaltos."




"Chega agora o 1º livro oficial para pintar, da saga mais famosa de sempre, e que é já um sucesso nos países em que está publicado. HARRY POTTER LIVRO DE COLORIR - Dê vida a estas magníficas ilustrações originais do arquivo da Warner Bros, e seja bem-vindo ao fantástico universo de Harry Potter! Os fãs da saga encontrarão as suas cenas preferidas, assim como as criaturas e personagens mais queridas: desde Dobby até ao dragão Norbert, jogos de Quidditch ou a batalha final entre Harry e Voldemort. Este livro é um convite ao mundo maravilhoso de Harry Potter, onde se podem pintar muitas cenas emblemáticas da saga."








"Em 1520, Lisboa é a capital do mundo. Especiarias e preciosidades vendem-se por todas as ruas onde a riqueza só rivaliza com a imundície. Sob o sol abrasador e os cheiros penetrantes, cruzam-se pessoas de todas as raças e religiões do mundo conhecido. No Tejo, os navios são tantos como as estrelas no firmamento, prometendo aventura, riqueza e glória. Não é de espantar que as aldeias portuguesas se esvaziem de almas que rumam a Lisboa em busca do seu quinhão. É o que acontece com cinco rapazes, cheios de sonhos, que chegam à capital. Mas Lisboa tira mais do que dá e, entre problemas com as autoridades, ofícios mal pagos e a disputa pelo amor de mesma jovem, o grupo tudo perde, até a amizade que os unia. Para piorar a situação, um assassino aterroriza as noites de Lisboa, uma alma atormentada que só encontra paz na morte de raparigas inocentes, e que se esfuma por entre os dedos dos alcaides do rei. É na noite de Natal que tudo termina, quando os amigos se viram uns contra os outros na luta pelo amor da mesma jovem, sem saberem que têm um inimigo muito mais sinistro – o assassino – que quer reclamar o tão desejado prémio."



"Um romance extraordinário que retrata a vida no século XV e as mudanças que transformariam para sempre a Europa. Peter Schoeffer é um jovem ambicioso à beira de alcançar o sucesso como escriba em Paris quando o seu pai adotivo, o rico mercador Johann Fust, o convoca à cidade de Mainz para conhecer um homem extraordinário. Gutenberg, inventor de profissão, criou um método revolucionário – há quem diga blasfemo – de produção de livros: uma máquina a que chama de prensa. Fust está a financiar a oficina de Gutenberg e ordena a Peter que se torne o seu aprendiz. Ressentido por ser forçado a abandonar uma carreira tão prestigiante como escriba, Peter inicia a sua aprendizagem na “arte mais negra”. À medida que as suas habilidades crescem, assim cresce também a admiração por Gutenberg e a dedicação a um projeto ousado: a impressão de cópias da Bíblia Sagrada. Mas quando forças externas se alinham contra eles, Peter vê-se num dilema entre os velhos costumes e as novas criações que ameaçam transformar o mundo. Conseguirá ele encontrar uma forma de superar os obstáculos numa batalha que poderá mudar a História?"




"O relato que aqui vos chega é genuíno, ou seja, nada do que aqui conto foi adulterado depois de ter sido escrito originalmente, pelo que peço desde já que me perdoem raciocínios menos lógicos, confusões ou devaneios. É que houve ocasiões em que foi muito difícil manter a lucidez, quanto mais escrever de forma coerente ou linguisticamente perfeita. Mas optei por manter esta narração crua, digamos assim, por entender ser esta a melhor forma de transmitir as sensações, devaneios, preocupações, enfim, a experiência do que é viver com um cancro e passar por um autotransplante de medula óssea. Escrita em jeito de diário durante os dois autotransplantes a que o autor foi submetido, esta obra pretende transmitir uma luz de esperança a todos os que passam por uma fase aparentemente tão escura, mostrando que é possível fazer muito mais do que apenas sobreviver quando se luta contra uma doença tão devastadora."






"Seres misteriosos, caçadores exímios e fonte de inspiração de artistas, os gatos são companheiros leais para quem esteja disposto a partilhar com eles a sua vida. Confidentes, amigos e parceiros dedicados nas horas de solidão e nos momentos mais difíceis, por vezes verdadeiros terapeutas, os gatos são, por tudo isso, uma parte fundamental da vida de muitas pessoas. Porque será? O que tem este felino de tão especial? Estas histórias fascinantes falam por si. Em Se7e Vidas, encontrará numerosos relatos que, em certos casos, nos fazem questionar quem habitou a casa de quem: se a pessoa, se o gato. Quem foi salvo por quem. Quem cuidou de quem. Histórias de animais maltratados que descobriram um lar cheio de amor. Histórias de pessoas, umas célebres, outras anónimas, que não gostavam de gatos até se apaixonarem irremediavelmente por um. Relatos de donos que encontraram no seu gato a coragem de que necessitavam para recuperar a alegria de viver ou que sentiram mesmo que os seus animais os ajudaram a curar-se de doenças. E, também, histórias de quem dedica a vida a estudar e a ajudar os gatos, por via da ciência ou apenas por paixão. “O homem gostaria de ser peixe ou pássaro, a serpente gostaria de ter asas, o cão é um leão confuso... Mas o gato quer ser somente gato, e todo gato é um puro gato desde o bigode ao rabo”. Pablo Neruda"




"A História demonstra que os casamentos de reis e rainhas resultaram quase sempre de interesses políticos. Infantes e princesas eram o lacre que selava pactos com objetivos estratégicos e, uma vez que estas uniões preveniam confrontos entre as respetivas coroas, os futuros noivos aceitavam-nas com complacência e a convicção de que cumpriam o seu dever. No entanto, as consequências de um casamento de estado, contraído por obrigação e nunca por amor, afetavam os próprios cônjuges. Como tal, se os reis procuravam a paixão em alcovas alheias, era perfeitamente natural que as rainhas – ou pelo menos algumas delas – também o fizessem. E assim aconteceu com Salomão e a Rainha do Sabá, Henrique VIII e Ana Bolena, Maria Antonieta e os seus chevaliers servants, Victoria de Inglaterra e John Brown, Carlos de Gales e Camila Parker Bowles, e tantos outros… Os Amores Proibidos de Suas Majestades conta-nos as verdadeiras histórias de amor de reis e rainhas do mundo inteiro, do passado e do presente, e dá-nos a conhecer aqueles que reinaram nos seus corações e influenciaram o curso da História."



"A vida poderia ter sorrido a Onório, nascido numa aldeia do Minho e neto do mais respeitado lavrador de Rubiães. No entanto, quis o destino que a sua vida fosse carregada de mal-entendidos e atribulações – desde logo a que roubou o “H” ao seu nome. Onório, o poeta bêbado, de Fernando P. Fernandes, é a mais recente novidade da chancela digital da Porto Editora e está agora disponível em coolbooks.pt e também na livraria virtual wook.pt. Este é o retrato de um quase-pícaro a quem tudo corre mal. Como não parece haver remédio para emendar a sua vida, o protagonista transforma-se, desde muito cedo, num poeta satírico. Como um repórter do absurdo, Onório ilustra com rudimentares, mas divertidas, quadras as peripécias em que se envolve. Com uma narrativa dinâmica e bem-humorada, esta obra promete arrancar muitos sorrisos aos leitores e proporcionar uma divertida viagem até a um Minho imaginado, com um sotaque tipicamente nortenho."




"Mentiras e segredos mudam uma família para sempre Evening Lake: um refúgio calmo e idílico no Massachusetts ocidental, com uma comunidade de famílias muito unida. O detetive Harry Jordan encara a sua casa à beira do lago como uma pausa na resolução de crimes nas ruas de Boston... até que o crime chega a Evening Lake. Harry Jordan está a dar uma caminhada quando uma explosão rasga a noite: a casa das Havnel é engolida por uma conflagração e Bea Havnel é vista a fugir com o cabelo em chamas e a mergulhar no lago. Misteriosas e reservadas, Bea e a mãe, Lacey, chegaram há pouco a Evening Lake e são muito diferentes das famílias abastadas da comunidade. Bea sobrevive ao fogo, mas a mãe não, e Harry vê-se metido na investigação. Tal como o jovem Diz Osborne, que, sem o conhecimento de ninguém, carrega um segredo pesado: ele viu outra pessoa a remar no lago naquela noite. Quando se descobre que Lacey Havnel não morreu por causa da explosão, mas de uma facada, torna-se claro que anda um assassino à solta. E esse assassino está pronto a atacar de novo. Contado no estilo inimitável de Elizabeth Adler, com descrições animadas e uma dinâmica familiar intrincada, Última a Saber é uma história empolgante."




"Emory Charbonneau é uma grande pediatra, respeitada entre os colegas e estimada pela sociedade. Depois de uma discussão com o marido, Jeff, a jovem médica prepara-se para uma maratona e desaparece nas montanhas da Carolina do Norte. Quando Jeff comunica o seu desaparecimento à polícia, todas as pistas que Emory deixou desapareceram. O nevoeiro e o gelo põem um fim às buscas. Emory recobra a consciência, com um misterioso ferimento na cabeça, num local estranho. E na companhia de um homem cujo passado é tão sombrio que ele não quer sequer dizer-lhe o seu nome. Sem telefone, sem internet, sem ninguém por perto, mas movida pelo medo, Emory está determinada a escapar a todo o custo do cativeiro. Inesperadamente, no entanto, os dois têm um encontro perigoso com pessoas que seguem um código de justiça própria. No centro da disputa está uma jovem desesperada a quem Emory não pode virar costas, mesmo que isso signifique violar a lei. Quando o esquema do marido é revelado e o FBI se aproxima do seu captor, Emory começa a perguntar-se se o homem sem nome não será, na verdade, o seu salvador."





"Lobistas ao serviço de uma empresa ou de um sector industrial, presidentes executivos de empresas transnacionais, instâncias quase estatais dotadas de redes tentaculares que se estendem muito para lá das fronteiras nacionais: uma multidão de indivíduos cujo único objectivo é a acumulação de lucros, está a tomar o poder e a orientar em seu benefício as grandes decisões políticas. Estes usurpadores ingerem-se nos grandes temas mundiais à força de financiamentos e de trocas de favores, infiltram-se nas Nações Unidas e trabalham para construir um mundo à sua imagem. Susan George descobriu e revelou o plano de acção que as empresas transnacionais estão a utilizar para conquistar o nosso sistema político. Neste livro fundamental, a autora levanta o véu dos inúmeros mecanismos através dos quais as grandes empresas compram políticos e manipulam a política global."

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%