Envie esta página a um amigo!

domingo, 14 de dezembro de 2014

0

Entretenimento: Novo CD comemorativo dos 20 anos de Pedro Abrunhosa e Bandemónio - Primeiras Impressões



 
Quando me chegou às mãos o CD comemorativo dos 20 anos de carreira de Pedro Abrunhosa a minha primeira reacção foi: NÃO POSSO ACREDITAR QUE JÁ PASSARAM 20 ANOS! É absolutamente inacreditável como o tempo voou, era capaz de jurar que há 2 ou 3 anos estas canções estavam a passar dia e noite na rádio, como de facto aconteceu em 1994.
O nome do álbum é "Viagens" e foi uma incrível viagem que Pedro Abrunhosa percorreu ao longo de duas décadas, passando de um ilustre desconhecido a ter o título de um dos mais conhecidos e admirados músicos portugueses.
 
Este álbum comemorativo não só está perfeito a nível estético (com imensas fotografias daquela época) como serviu para, com um misto de nostalgia e contentamento, relembrar as míticas músicas "Não posso +", "É preciso ter calma", "Socorro", "Tudo o que eu te dou" e a célebre música "Talvez Foder". Em 1994 não se ouvia outra coisa na rádio e todos os portugueses andavam com estas letras na ponta da língua.
Contudo, 20 anos são uma data realmente especial, por isso mesmo este novo álbum tem direito a um DVD! Este contém um documentário com o título "Viagens 20 anos" e os videoclipes que tanto furor fizeram na TV portuguesa da altura (sim, porque na altura não havia youtube ou coisa que se pareça!): "Não posso +", "Socorro", "Tudo o que eu te dou" e "Talvez Foder".
 
 
Agora, olhando para trás, não posso deixar de admirar Pedro Abrunhosa por tudo o que conseguiu conquistar no difícil mercado que é a música portuguesa. Começou como um excêntrico e irreverente artista para se tornar num músico respeitado e admirado pelos seus colegas de profissão e pelos portugueses que apreciam as suas letras profundas, inteligentes e perspicazes.
 
 
As 3 palavras que, para mim, fazem jus a esta celebração de uma incrível carreira são:
 
Nostálgico
Corajoso
Histórico

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%