Envie esta página a um amigo!

terça-feira, 30 de abril de 2013

4

11º Entrevista: Ignacio Del Valle (escritor)


Ignacio del Valle‎

Ignacio del Valle é natural de Oviedo (1971) mas reside em Madrid actualmente. Além do Os Demónios de Berlim (Prémio da Crítica de Asturias 2010), já publicou outros seis romances, todos galardoados com importantes prémios e traduzidos em italiano, francês, polaco e português.
Conta, também, com mais de quarenta prémios a nível nacional.
Em Portugal, tem três obras publicadas até à data: O Tempo dos Imperadores Estranhos (Prémio de la Crítica de Asturias 2007, menção especial Premio Dashiell Hammett 2007, Prémio Libros con Huella 2006), A Arte de Matar Dragões (Prémio Felipe Trigo) e Os Demónios de Berlim.
Colabora regularmente com os jornais diários El Comercio e Panamá América, bem como nos suplementos Culturas, ABC.es, Culturamas, El Viajero (do jornal diário El País).
Desempenha, ainda, a função de subdirector e coordenador para a Europa da Fundación Mare Australe.

O FLAMES esteve à conversa com o escritor e ficámos a conhecê-lo um pouco melhor:

Qual é a sua nacionalidade: Espanhola

O seu Filme favorito: Apocalypse now
O seu Livro favorito: El gran Gatsby
O seu Anime favorito: El viaje de Chihiro
O seu Manga favorito: não tenho
O seu Espectáculo de música favorito: conciertos de música clásica
A sua Série de televisão favorita: Mad Men


Os seus romances abordam temas muito variados (guerra, amor, contrabando, terrorismo, drogas, etc.). Qual é a sua fonte de inspiração sempre que inicia uma nova história?
Es una mezcla de estímulos, libros, revistas, conversaciones, viajes, películas, canciones, cuadros, fotografías… En mi cabeza se produce una lava que comienza a entrar en ebullición y en un momento dado produce una idea o una imagen. Esta entra en un ritornelo obsesivo que no me abandona y a partir de ahí empiezo a escribir.
O seu livro “El tiempo de los emperadores extraños” foi adaptado para o cinema em 2012 no filme chamado “Silencio en la nieve”. ¿Que poder/liberdade teve para tomar decisões relativamente a um filme baseado numa obra sua?
En realidad, no tengo por qué tomar decisiones sobre una película basada en El tiempo de los emperadores extraños. La película es una interpretación de mi texto y pertenece al director, así como la novela me pertenece a mí. Silencio en la nieve es la visión de Gerardo Herrero sobre mi historia, y yo solo puedo, si me lo piden, aportar alguna idea o colaborar con los actores en la creación de los personajes.
Conta, até ao momento, com 3 obras publicadas em Portugal. Como tem sido o feedback dos leitores portugueses? Podemos esperar mais publicações suas no nosso país?
Pues ha sido excelente, el lector portugués es alguien informado y amable, he tenido unas relaciones óptimas con la gente que se ha acercado para firmar libros o en los numerosos correos que me han enviado. Espero que en breve podamos tener una nueva novela en el mercado portugués.
As suas obras contam já com inúmeros prémios. Quando começou a escrever, alguma vez imaginou poder vir a ganhar estes prémios? O que significaram eles para si?
En realidad, el éxito de la novela no se debe valorar por los premios que recibe. El premio es una consecuencia agradable de la escritura, pero esta no ha de estar pendiente de este tipo de recompensas, sino de perseguir los objetivos primordiales que me he marcado: la emoción y la profundidad. No obstante, es cierto que los premios pueden ayudarte ya sea por el reconocimiento que implican o por su parte pecunaria.
É frequente encontrarmos escritores que colaboram com jornais. Quão diferentes são o Ignacio “romancista” e o Ignacio “jornalista” durante o seu processo de escrita?
La mayor diferencia podría ser que en mis artículos puedo tener una actitud más “política”, mientras que en las novelas mi pacto solo es con la belleza.
A fundação “Mare Australe”, na qual desempenha o papel de subdirector e coordenador para a Europa, tem como missão “promover a cultura através da expressão criativa, aumentar a acessibilidade do público às artes e a valorização do património cultural”. Como é que, na sua perspectiva, um livro pode contribuir para o alcance desta missão?
Un libro es una afilada herramienta contra la sangre, el oscurantismo y la intolerancia. Un libro es cultura, cultura es memoria, memoria es criterio, criterio es carácter y el carácter significa más felicidad.
O nosso anterior entrevistado, o escritor Richard Zimler, teve como desafio deixar uma pergunta ao próximo entrevistado sem saber de quem se tratava. A pergunta foi a seguinte: “Qual foi o livro que leu em criança que acha que mais o influenciou?”
El gran Gatsby, de Scott-Fitzgerald.
Se pudesse, o que é que perguntaria ao próximo escritor ou escritora que iremos entrevistar?
¿Qué siente cuando, tras mucho trabajo y mucho oficio, aparece la magia en el texto?
Muito obrigada ao Ignacio del Valle pela sua disponibilidade e simpatia!
Visitem o Facebook do autor:
Visitem o seu blog:
As suas obras publicadas em Portugal:



Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

4 comentários:

  1. Confesso que, não conheço nenhuma das suas obras, mas despertou o meu interesse, visto que aborda temas que nos rodeiam directa ou indirectamente no nosso quotidiano. Mais um autor estrangeiro, parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Alípio!
      Não paramos de surpreender-nos com a simpatia e disponibilidade com que todos os autores, portugueses e estrangeiros, têm respondido ao nosso convite para uma entrevista.
      Nós ficámos com imensa vontade de não só ler ainda mais livros dele como também de ver o filme baseado na sua obra!

      Eliminar
  2. Conheci o autor na Feira do Livro do Porto 2011 e é extremamente simpático e disponível para uma boa conversa!
    Espero que não demore muito a ser lançado o 4º livro dele cá por terras lusas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que inveja macy. Quem nos dera ter tido a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente! Quanto ao 4º livro, como ele disse na entrevista, poderá estar para breve... ;)

      Eliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%