Envie esta página a um amigo!

sexta-feira, 5 de abril de 2013

6

8ª Entrevista: Cátia Lopes dos Reis (vídeo)




de Cátia Lopes dos Reis
1ª Edição: Novembro 2012

Editor: Alfarroba

Colecção: Testemunho

PVP: 14€

ISBN: 978-989-8455-52-9

Formato: 21 x 14 cm

Páginas: 254
Sinopse
O meu nome é Cátia, nasci na Charneca da Caparica, em Almada, em fevereiro de 1985.
Sou enfermeira de profissão, trabalho na Urgência do Instituto Português de Oncologia de Lisboa e sou pós-graduada em Gestão de Serviços de Saúde pelo INDEG/ISCTE.
Em setembro de 2010, após uma crise conjugal resolvida, eu e o meu marido Vasco decidimos empreender uma nova etapa na nossa vida, a de sermos pais. Mas o sonho tornou-se pesadelo, quando o nosso filho Afonso nasceu de apenas 23 semanas e 6 dias de gestação.
Quando as perdas se sucedem, a perda de sonhos, da perfeição, da vida como a conhecíamos até então, sobrevivemos juntos a 123 dias de internamento em duas Unidades de Cuidados Intensivos de Neonatologia.
Acompanhada à distância por uma confidente muito especial, a Ilídia, mãe de uma prematura que nasceu de 23 semanas e 5 dias, hoje com 14 anos de idade, conto a nossa história. Como forma de tentar escapar a um surto de loucura iminente, encontrei o meu escape, relatando sob a forma de um diário o meu dia a dia, as dúvidas e os sentimentos de uma época em que vivi algures entre a esperança e o desespero.
Ao longo deste doloroso percurso, existiram momentos-chave, de loucura, de pânico, de esperança e de dormência. As questões da vida e da morte, da prematuridade extrema, abaixo do limiar da viabilidade, os nossos valores, as nossas crenças foram levados ao limite na derradeira decisão da nossa vida, deixar partir o Afonso em paz.
Dois testemunhos de vida, semelhantes no seu percurso, diferentes no seu final.
Desafiando as estatísticas, as lógicas da ciência, lutando contra os nossos próprios demónios e contra os das equipas de saúde, expiamos assim a nossa culpa, a nossa dor e as nossas memórias. É o meu legado, o legado de outra mãe prematura, o legado dos nossos filhos, para que outras mães prematuras sintam que não estão sozinhas nesse sofrimento atroz.

Cátia Lopes dos Reis | a VIDA antes do TEMPO


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

6 comentários:

  1. São poucos os livros que abordam temas tão "pesados". No entanto, muitas pessoas que, infelizmente, passam pelo mesmo podem encontrar conforto nesta relato. Muito Boa entrevista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo verdade, e é por isso que achamos este trabalho de divulgação tão importante. Obrigada pelo seu comentário!

      Eliminar
  2. Obrigada Catia por tansmitires de uma forma muito especial o que e ser mae/pai de bebes prematuros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário Ilidia, e obrigada à Catia pela oportunidade e relato!

      Eliminar
  3. Como eu encontrei o meu "colo" e ombro amigo na Ilídia, desejo que cada um tenha igualmente uma Ilídia na sua vida, ao passar semelhantes provações!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bonito Cátia :) obrigada por este comentário, e pela oportunidade. :)

      Eliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%