Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

4

Filme: Nunca me deixes (2010)



Ficha Técnica

Título original: Never Let Me Go
Duração: 103 minutos
Ano: 2010
Género: Drama, Romance, Ficção Cientifica
Cast:
Carey Mulligan ... Kathy
Andrew Garfield ... Tommy
Izzy Meikle-Small ... Young Kathy (as Isobel Meikle-Small)
Charlie Rowe ... Young Tommy
Ella Purnell ... Young Ruth
Charlotte Rampling ... Miss Emily

Site oficialhttp://www.foxsearchlight.com/neverletmego/

Trailer


Opinião

Quando ouvi este título pela primeira vez, a primeira coisa que pensei foi: mais um romance da treta! Mas não, este não é, claramente, um romance da treta, e foi dos filmes mais interessantes que vi nos últimos tempos.
E porque o decidi ver? Porque o trailer mostrou-me um elenco de peso!

Este filme tem um pouco de tudo: romance, inveja, ciume, tragédia e, sobretudo, o ingrediente mágico: MISTÉRIO. Curiosamente esta é uma adaptação cinematográfica a uma obra de Kazuo Ishiguro. Foi pena, acho que se tivesse sabido antes talvez teria lido primeiro o livro. Ou talvez não, quem sabe. De facto a ficção cientifica não é, claramente, o meu género de leitura favorito, mas devo dizer que esta história está mesmo magistral.

O filme é ambientado num passado que nunca existiu, um passado em que a esperança média de vida ronda os 100 anos. No fundo a história apresenta-nos três personagens (e sim, trata-se de um triângulo amoroso). A parte do triângulo amoroso sinceramente achei-o bastante previsível e desnecessariamente melodramático, mas penso que esta não é a parte mais importante deste filme. Estas três personagens principais moram num colégio interno onde o mais importante é que se alimentem de forma saudável e que tenham muito cuidado com tudo o que lhes possa fazer mal, pois estes três jovens têm uma finalidade muito importante... O que é, não vos posso mesmo contar. Seria um grande spoiler, mas é-nos revelado mais ou menos a meio da história. A partir da altura da revelação, continuamos a acompanhar a vida destas crianças que, com o tempo amadurecem, e seguem o seu percurso rumo aquilo que lhes espera.

Uma história dramática, intensa.. um retrato cruel de uma sociedade que [não] existiu...

Mas este filme não é apenas fabuloso por causa da história que encerra. Toda a forma como o filme foi concebido é magistral, com a escolha de tons mais monocromáticos e que apelam a outros tempos, ou a crueza de certas imagens que chamam a uma melancolia e tristeza e que nos ajuda a fazer sentir como as personagens. Não é um filme para nos meter "bem dispostos". É um filme para nos meter a pensar e nos fazer reflectir. É um filme que nos faz torcer pelo bem das personagens até ao final. É um filme tão bem feito, que nos deixa uma sensação estranha no final. Talvez estes pontos que, para mim, foram os mais positivos, sejam bastante criticados entre as pessoas que realmente percebem de cinema e filmagens. Esta, claro, é apenas a minha opinião, agora vocês vejam e depois digam-me algo!

Roberta Frontini


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

4 comentários:

  1. Respostas
    1. É sem dúvida um filme muito especial e uma óptima surpresa :)
      Beijinhos
      Roberta

      Eliminar
  2. Eu li o livro e gostei muito muito. O filme está na lista para ver, mas ainda não tive oportunidade. Se for fiel ao livro, vou gostar concerteza.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade eu acho que teria AMADO ler o livro, mas quando vi o filme não sabia que ele era baseado num livro :/
      Beijinhos
      Roberta

      Eliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%