Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

0

Livro: Misantropia esclarecida (Ana Costa)



Ficha Técnica
Título: Misantropia Esclarecida
Autor: Ana Costa
Género: Poesia
Editor: Livros de Ontem
1ª Edição: Novembro 2014
Tiragem: 150 exemplares (Edições numeradas e autografadas)
ISBN: 978-989-8762-18-4
Páginas: 126


Sinopse

Misantropia Esclarecida é a obra de estreia da escritora Ana Costa, apresentando a sua poesia precisa, sugestiva de imagens tão naturais quanto o inspirar do leitor, crua, cativa ao real. Um livro fabuloso, equilibrado, que conjuga na perfeição a urgência do pensar com a face mais hedónica da literatura. Um livro para ler e chorar por mais.

Opinião

Como já referi em posts anteriores, nunca me sinto muito à vontade para falar em livros de poesia, e tenho sempre medo de ser injusta e de não dar o devido valor a um bom livro de poesia, no entanto há sempre livros que valem a pena serem referenciados, e este "Misantropia esclarecida" de Ana Costa é um deles. 

Mais uma vez a editora Livros de Ontem surpreende-me com uma concepção de capa extraordinária. Quem segue o blogue sabe que estou constantemente a referir que esta editora tende a apostar em pormenores que, a meu ver, fazem toda a diferença. A primeira coisa que reparei assim que peguei neste livro foi, realmente, o brilho e a beleza desta capa. Tudo isto torna o livro num objectivo bonito e desejável por qualquer verdadeiro apreciador de livros.

Posto isto, passemos ao conteúdo da obra. Misantropia Esclarecida é então a obra de estreia de Ana Costa, e é um livro com poesias. Todos os poemas me parecem bastante distintos uns dos outros, escritos de forma original e com diferentes estilos. Nuns podemos encontrar versos que rimam, noutros podemos descobrir uma métrica mais longa... enfim, todos são bastante próprios. No entanto, a autora conseguiu categorizá-los, sendo que o livro se divide, então, em dias partes: Optimismo e Pessimismo. Pessoalmente penso que esta divisão de torna bastante clara para o leitor aquando da leitura dos poemas. Tal como o próprio nome indica, na primeira parte os poemas são mais descontraídos e alegres, enquanto que na segunda parte predomina a tristeza e a desesperança. No entanto, é aqui que acho que os poemas são mais profundos e tocantes. Enquanto que na primeira parte dei por mim a ler os poemas em voz alta para brincar com a sonoridade de alguns versos, nesta segunda parte remeti-me ao silêncio, e li-os "interiormente" sendo que alguns me levaram mesmo a reflectir no final.

Não sendo eu entendedora nesta área parece-me que a autora tem bastante potencial e tenho fé que os apreciadores de poesia possam dar uma oportunidade a este livro e, quem sabe, encontrar nele alguma inspiração.

Autora e editora estão de parabéns pela concepção deste livro... que venham mais!

Roberta Frontini

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%