Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

2

Livro: Para onde vão os guarda-chuvas (Afonso Cruz)




Ficha Técnica

Título: Para Onde Vão os Guarda-Chuvas
Autor: de Afonso Cruz
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 624
Editor: Alfaguara
Portugal ISBN: 9789896721978

Sinopse

O pano de fundo deste romance é um Oriente efabulado, baseado no que pensamos que foi o seu passado e acreditamos ser o seu presente, com tudo o que esse Oriente tem de mágico, de diferente e de perverso. Conta a história de um homem que ambiciona ser invisível, de uma criança que gostaria de voar como um avião, de uma mulher que quer casar com um homem de olhos azuis, de um poeta profundamente mudo, de um general russo que é uma espécie de galo de luta, de uma mulher cujos cabelos fogem de uma gaiola, de um indiano apaixonado e de um rapaz que tem o universo inteiro dentro da boca. Um magnífico romance que abre com uma história ilustrada para crianças que já não acreditam no Pai Natal e se desdobra numa sublime tapeçaria de vidas, tecida com os fios e as cores das coisas que encontramos, perdemos e esperamos reencontrar. Entre os 5.000 exemplares da primeira edição, existem 2 que são completamente diferentes: um é a versão diurna do romance, outro a sua versão nocturna. Os leitores estão convidados a descobrir se o seu exemplar é um dos livros especiais. Os 2 vencedores terão direito a uma oferta de livros do catálogo da Alfaguara.

Opinião

Como sabem, não me canso de o dizer, Afonso Cruz é dos meus autores favoritos, tendo escrito um dos meus livros favoritos de sempre: A Boneca de Kokoschka.

Parti para a leitura deste livro com as expectativas ao rubro. Talvez por isso não tenha gostado tanto dele como do "A Boneca de Kokoschka", mas pelo que tenho ouvido dizer, as pessoas até costumam preferir este livro. 
Não sei. 
A verdade é que, independentemente dos gostos de cada um é indiscutível que esta é uma obra prima. 
De facto, o livro não conta apenas uma história, mas apresenta-nos ilustrações maravilhosas (como só ele sabe fazer) e fotografias que complementam a história na perfeição!

Infelizmente, por muito que me esforce a escrever este post, penso que nunca conseguirei transmitir-vos o que senti ao lê-lo, nem conseguiria apresentar argumentos para que o leiam. Nesta altura do campeonato, penso que dizer que é um livro escrito por Afonso Cruz já deveria ser justificação suficiente. Não acham?

Neste livro são-nos apresentadas personagens fantásticas. É o caso de Badini, que mesmo sendo mudo consegue transmitir na perfeição o que lhe vai no pensamento, ou Isa a minha personagem favorita. É um livro que apresenta uma série de histórias que se interligam, uma miríade de personagens, e que nos dá uma série de temas para os quais eu poderia estar aqui horas e horas a falar [escrever].  

Mas Afonso Cruz não me surpreendeu apenas com isto tudo. Surpreendeu-me também aos nos presentear com a presença de outras personagens que aparecem em outros dos seus livros, interligando assim não só histórias e personagens, como também as suas próprias obras. Um livro para ler e reler e para obrigarmos todos à nossa volta a ler também!


Roberta Frontini

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

2 comentários:

  1. Olá!

    Este livro já está há imenso tempo na minha lista para ler. E qualquer um de Afonso Cruz. Nem sei por qual começar!

    Beijinhos e boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isaura!
      Toca a ler as obras do fabuloso Afonso Cruz.. vale TANTO a pena!!! :)
      Só fiquei um pouco desiludida com o final do livro :/
      Beijinhos
      Roberta

      Eliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Ocorreu um erro neste dispositivo

1%

1%