Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

6

Livro: I'm in love with a pop star



Ano: 2003
Autor: Margarida Rebelo Pinto
Género: Romance


Este foi o primeiro dos dois livros que lemos até à data desta autora. Sendo uma das escritoras portuguesas mais conhecidas e lidas no nosso país, foi com GRANDE curiosidade que começámos esta leitura.

A história é bastante simples: Pam, uma adolescente portuguesa de 16 anos que vive com a mãe, conta-nos a fantástica aventura que viveu em Londres. Tudo começou quando a sua mãe comprou um DVD de um conhecido artista inglês, Peter Franks, e Pam se apaixona perdidamente por ele. Como a sua mãe, por acaso, é uma pessoa muito moderna, sonhadora e entusiasta decide comprar um bilhete de avião para que a sua filha viaje até Londres na esperança de conhecer o seu grande amor. Assim, quando dá por isso, Pam encontra-se a caminho da capital inglesa com um único objectivo em mente - conhecer Peter Franks. Será que vai conseguir conhecê-lo?...

Este livro tem uma escrita extremamente simples e fluída, sendo de leitura muito fácil. Quanto ao enredo propriamente dito, se ignorarmos o facto de ser uma história bastante improvável (a começar na grande vontade da mãe para que a filha de 16 anos viaje sozinha para Londres a fim de conhecer um amor platónico e terminando nas peripécias muito improváveis que Pam vive em Inglaterra), a aventura da protagonista acaba por ser bastante divertida, desenvolvendo-se a um bom ritmo, o que contribui para que não fiquemos aborrecidos em momento algum. Concluindo, sem ser uma obra-prima, este livro de Margarida Rebelo Pinto consegue entreter o leitor do início ao fim.


Não se esqueçam de participar no nosso novo PASSATEMPO. Boa sorte!! 


Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

6 comentários:

  1. Eu não vou muito com a cara da senhora, mas se calhar até valeria a pena dar-lhe esta oportunidade!

    ResponderEliminar
  2. eu li-o e tenho-o comigo...gostei de o ler na fase de adolescente mas duvido que gostasse de o ler agora...a Margarida Rebelo Pinto é, para mim, uma escritora para quem gosta de ler apenas por ler, e não para quem gosta de ler para reflectir ou para aprender.
    Fiquei logo curiosa por ler o post, quando vi o livro que iriam expor :)

    ResponderEliminar
  3. Eu não gosto muito da escritora :s já li "Onde reside o amor" e sinceramente achei tudo muito básico!

    ResponderEliminar
  4. Sim, Diana. Lemos este e o "Sei lá" e também ficámos com a ideia de que a escrita desta escritora é extremamente simples. Este livro é mais para um público como a Lucie referiu: jovem ou alguém que queira ler um livro sem ter que fazer um grande esforço intelectual.

    Depois destes comentários já estás avisada Roberta: lê livros dela só se quiseres "relaxar".

    Bom fim-de-semana a todas!

    ResponderEliminar
  5. Olá!!
    eu já li alguns livros dela (por "alguns" entenda-se 3 ou 4, mas como, na minha opinião, os livros são sempre "mais do mesmo", acho que até já os li todos! Quem lê um é capaz de adivinhar a história de todos os outros) e não gostei muito. No entanto, este parece-me ser diferente... não sei... talvez lhe dê uma oportunidade!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Cátia,

    Se já leste alguns livros desta escritora é provável que não fiques super surpreendida. Mas se algum dia tiveres oportunidade, não perdes nada em dar uma "espreitadela" a esta história.

    Boa semana!

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%