Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 8 de maio de 2017

0

Filme: Big Eyes (2014)



Título: Big Eyes
Ano: 2014
Realizador: Tim Burton
Cast
Amy Adams - Margaret Keane
Christoph Waltz - Walter Keane 


Opinião
(Roberta Frontini)

Assim que vi este filme fiquei logo com uma enorme vontade de vos vir falar nele no FLAMES, porque acho que é daqueles filmes que todos devemos ver. Para além de entreter, coloca questões muitos interessantes, algumas das quais apenas uma pessoas mais curiosas se lembrariam de pensar. 

Big Eyes conta a história real (talvez um pouco romanceada por Tim Burton) da pintora Margaret Keane. Margaret foi (e ainda é) uma pintora extraordinária, com um toque muito pessoal nos seus quadros. Infelizmente, a vida encarregou-se de a fazer cruzar caminho com um homem que não só não a tratou com o devido respeito, como ainda fez passar as obras de arte de Margaret Keane, por suas. Depois de ter visto o filme, também pesquisei sobre a vida da pintora, que encerra tanto de fascinante como de assustador. 

Há vezes em que vejo um filme e acho que as coisas são tão surreais e fora da realidade. Este é daqueles casos em que sinto que a realidade supera, de longe, a ficção. 

Relativamente à interpretação dos actores, de destacar o brilhantismo de Amy Adams, que consegue encarar na perfeição o papel de pessoa totalmente alheada. Se por vezes nos indignamos com a falta de indignação dela, por outro é fácil criarmos alguma empatia com a personagem. Já Christoph Waltz volta a fazer um papel que já nos habituou em outros filmes. Começo a achar que Waltz se enquadra mais em papeis deste género. É fácil irritar-mo-nos com ele, mas já o vi noutros papeis semelhantes (ele tem cara de vilão, não há nada a fazer), por isso não lhe consegui dar, aqui, o devido mérito. Adorei o papel, a interpretação, mas considero que já é algo fácil nele. 

O filme passa-se entre os anos 50/60, e todo o ambiente e caracterização das personagens e locais, estão absolutamente fabulosos. As roupas foram a parte que mais me chamou à atenção. Para além do mais, trata-se de um filme sobre pintores, e a cor aqui tem um papel preponderante.

Enfim... não quero falar mais. Quero que vocês o vejam e, se possível, que venham aqui discutir sobre ele!

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%