Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 22 de maio de 2017

0

Livro: Anna e o Homem-Andorinha



Título: Anna e o Homem Andorinha
Autor: Gavriel Savit
ISBN: 9789896651909
Edição ou reimpressão: 02-2017
Editor: Suma de Letras
Idioma: Português
Páginas: 224

Sinopse:
Uma história sobre a perda da inocência perante a tragédia. Cracóvia, 1939. Um milhão de soldados marcham e mil cães ladram. Este não é um lugar para crescer. Anna tem apenas sete anos no dia em que o alemães levaram o seu pai, professor de Linguística, durante a purga de intelectuais na Polónia. Está sozinha quando encontra o Homem-Andorinha, um astuto trapaceiro, alto e estranho, com mais de um ás na manga; um impostor que consegue até que os soldados com quem se cruza só vejam aquilo que ele quer que vejam. O Homem-Andorinha não é o pai de Anna - ela sabe-o bem -, mas também sabe que, como o seu pai, está em perigo e, também como o seu pai, tem o dom das línguas: fala russo, polaco, alemão iídiche e a linguagem dos pássaros. Quando o misterioso indivíduo consegue que uma bela andorinha lhe pouse na mão para que Anna deixe de chorar, a menina fica encantada. E decide segui-lo até onde ele for. Ao longo da viagem, Anna e o Homem-Andorinha escaparão a bombas e a soldados e também farão amigos. Mas, num mundo louco, tudo pode ser um perigo. Também o Homem-Andorinha.

Opinião
(Roberta Frontini)

Como podem ler pela sinopse, este livro passa-se durante a Segunda Guerra Mundial. Por isso mesmo, assim que o vi, a minha curiosidade por ele foi enorme. 
É-me difícil falar sobre este livro, porque o li na altura errada. Fiquei com a sensação que este livro é mais voltado para um público mais jovem ou um público que está a dar os primeiros passos na leitura sobre o Holocausto. Mas talvez esteja a ser injusta. Em ultima análise, penso que poderá ser interessante para um público interessado pelas vidas que foram tocadas pela 2ª Guerra Mundial..

No entanto uma coisa é certa, ele conseguiu surpreender-me. Isto porque achei incrível que este seja o primeiro livro do autor. Gavriel Savit conseguiu criar um livro bastante original: pegou numa temática já demasiado dissecada, e conseguiu dar-lhe uma nova roupagem, com personagens incomuns e uma escrita diferente que toca, por vezes, o poético. 

Este é um livro que traz mais um testemunho de duas personagens que tentam passar incólumes pela guerra... por isso mesmo não faltam descrições de situações desumanas, que infelizmente (de certo) se assemelham a muitas situações reais. Tudo isto a par com um toque de realismo mágico que pode fazer as delicias de quem aprecia este género. A visão é maioritariamente a de uma criança que não compreende tudo o que se passa e a de um homem que tudo faz para sobreviver ao horror da guerra. O leitor, por seu turno, também não compreende sempre os motivos que movem o homem-andorinha, personagem da qual nunca se chega a saber o nome.. O mistério anda, assim, de mão dada com as pessoas que vamos encontrando no decorrer da leitura. 

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%