Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

0

Livro: Três casos de Assassínio


Autor: Rex Stout 
Género: Policial

Ok, desta vez não é Agatha Christie... mas sim, têm razão, é um policial. Neste caso, mais uma vez, trata-se de um livro com 3 contos. A personagem principal, como sempre, é Nero Wolf e a contar a(s) história(s) temos Archie Goodwin. Estas são as personagens que se encontram presentes na maioria dos livros de Rex Stout. Mas como alguns de vós podem não as conhecer, antes de falar na história dos 3 contos, vamos apresentar-vos as personagens...

Nero Wolf é um detective muito gordo (supostamente 130 quilos segundo vem no livro) e que gosta de se armar em génio (sim, acertaram, não vamos lá muito com a personagem). A verdade é que gostamos do seu assistente, Archie, que faz todo o trabalho sujo (anda à caça de pistas) enquanto Nero Wolf fica em casa a engordar e a tratar de todas as suas orquídeas (o senhor tem uma fixação por orquídeas e por inventar receitas e é um resmungão. A coisas têm de ser feitas às horas certas, sempre as mesmas!!!)

Mas voltemos a este livro e vejamos cada conto e forma particular

Primeiro conto - "Uma Janela Para a Morte"

Nesta história encontramos 3 irmãos (David, Paul e Louise Fyfe) que se encontravam num apartamento com o seu irmão que não viam desde a morte do seu pai: Bert. Mas neste enredo, vamos encontrar ainda outras personagens: Johnny Arrow (amigo de Bert), Anne (uma enfermeira), um médico e o marido de Louise. Bert acaba por morrer de pneumonia nesse apartamento, mas o irmão Paul acha que se tratou de um assassínio, daí chamarem Nero Wolf a investigar...e esta investigação leva-os a viajar no tempo, há 20 anos atrás...ao dia em que o próprio pai destes 4 irmãos morreu de pneumonia...

Segundo conto - "Imune ao Assassínio"

Nero Wolfe é convidado a cozinhar uma das suas especialidades culinárias: trutas, numa "reunião" de embaixadores e diplomatas. É neste contexto que ocorre o assassínio de um dos senhores. Para complicar tudo isto, parece que é impossível que qualquer dos outros convivas tenha perpetuado o homicídio. Quem terá sido, completamente cego por ciúme e traição, o assassino? 


Terceiro conto - "Eram Demasiados Detectives"

Nesta, deliciosa, história, Nero Wolfe e Archie são convidados (juntamente com outros detectives de Nova York) pela polícia, a apresentarem as suas licenças. O que eles não sabem é que se encontram, todos, sob o olhar dos polícias e numa investigação policial. E é exactamente num local repleto de polícias e detectives que é perpetuado um homicídio. Para piorar a situação, tratava-se de um homem que os tinha enganado a TODOS, por isso todos tinham motivos para se vingar. Quem terá sido?

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%