Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

1

Filme: O Clube de Dalas (2014)



Título original: "Dallas Buyers Club"
Realizador: Jean-Marc Vallée
CAST:
Matthew McConaughey ... Ron Woodroof
Jennifer Garner ... Eve
Jared Leto ... Rayon
Denis O'Hare ... Dr. Sevard

Género: Dramático, Biografia
Data de lançamento: 16 Janeiro 2014 (Portugal)
Duração: 117 minutos

O mundo do cinema por vezes ainda tem a capacidade de me surpreender. Começa a ser raro, mas consegue, e este foi o caso.
O filme começa logo de uma maneira péssima. Assim que começou pensei "Ok, não vou gostar nada disto" e terminou comigo a dizer "Ok, acabei de ver dos melhores filmes da minha vida".
Lindo, lindo, lindo.. e comovente! Ainda por cima, uma história verdadeira! Fenomenal.

Os óscares que foram atribuídos relacionados com este filme foram mais do que merecidos, sem dúvida. Vou sempre ficar com a possível vitória do Leonardo di Caprio entalada na garganta, mas apesar de eu achar que ele é muito talentoso e que, realmente, já é hora de lhe darem a estatueta de oro, a verdade é que aqui não havia dúvidas! Matthew McConaughey merecia não uma, mas duas estatuetas pelo fabuloso papel que representa.

Estamos em 1985, altura em que a SIDA era associada a relações homosexuais. Assim, quando a promiscuidade sexual de Ron Woodroof o faz entrar no "mundo das pessoas infectadas com o vírus HIV", Ron vê todas as pessoas virarem-lhe costas. Apelidado como homosexual e continuando a sua conduta promíscua (consumindo alcool, drogas e um medicamento para a SIDA de forma descontrolada), Ron bate o fundo e quase morre. Mas quando sobrevive graças à amizade de uma médica decide investigar mais sobre a doença e acaba por descobrir uma maneira que o faz melhorar. No entanto, parece que a América não está interessada em saber e outras "valores" mais fortes se levantam. Ron vê-se assim obrigado a ter de lutar por um sistema que não o ajudará a sobreviver.

Uma história verídica, tocante e chocante, que nos faz entender muitas das coisas associadas a estes meandros, nos faz empatizar e torcer pelo sucesso das personagens... nos faz chorar e revoltar com o mundo em que vivemos!

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

1 comentário:

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%