Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

2

Anime: O Mundo Secreto de Arrietty (2010)




Título original: Kari-gurashi no Arietti
Ano: 2010
Realizador: Hiromasa Yonebayashi
Escrita: Mary Norton ... ("The Borrowers"), Hayao Miyazaki (screenplay) e Keiko Niwa (screenplay)

Mais um anime fofinho!
Desta vez seguimos a história de Arrietty. Este é um daqueles Animes que gosto de categorizar como "mais infantil", por não ter um tema tão sério e ser adequado a crianças. Claro que eu o ADOREI por isso, aconselho-o a quem gosta de animes mais queridinhos. Sem dúvida que passei um bom momento a vê-lo.
Não vou esconder que o principal motivo por o ter visto tenha sido o facto de o nome de Miyazaki estar de alguma forma envolvido. Adoro tudo onde ele decide "meter a mão".

Como vos disse, nesta história seguimos Arrietty e a sua família constituída por mãe e pai. Ambos são minusculos e vivem no mundo dos humanos sem fazer ideia se existirão outras pessoas como eles. Uma coisa é certa, os humanos não podem saber da sua existência. De certos que já estão a adivinhar o que vai acontecer. Pois é, é que quando um rapaz vai morar para cima da casa destas estranhas criaturas, a vida de ambos nunca mais será a mesma. 

O facto da história ser ligeiramente mais infantil e relativamente previsível fez com que eu não gostasse tanto deste Anime como dos outros, no entanto, continua a ser - para mim - um anime que vale a pena ser visualizado. É também um anime um poucos mais lento do que o habitual. Faltou algum ritmo. No entanto, pelo menos por umas horinhas, podemos sentir-nos crianças novamente... 
Roberta Frontini

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

2 comentários:

  1. Também não foi dos meus animes favoritos do Miyazaki, mas ainda assim gostei dele pela mensagem e porque, pronto, era fofo xD

    Um abraço!

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%