Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

10

Série: Marés Vivas

Título Original: Baywatch
Ano: 1989-2001
Nº Temporadas: 11
Género: Aventura, Drama
Criadores: Michael Berk
                   Douglas Schwartz
                   Gregory J. Bonann

Não, não vale a pena negarem. Todos vocês viram. E mais………. viram e GOSTARAM!
Qualquer pessoa que tenha estado neste planeta durante a década de noventa e que soubesse ler (ou dominasse a língua inglesa) viu Marés Vivas. Ponto final.
Embora muitos não o queiram admitir nos dias de hoje, a verdade é que esta ainda é uma das séries mais vistas de sempre em todo o mundo (foi transmitida em mais de 150 países) e, por isso mesmo, num misto de nostalgia e sentido de homenagem, decidimos falar hoje da série que nos fez acreditar que ser nadador salvador era a profissão mais entusiasmante do mundo.

Nesta série acompanhávamos o dia-a-dia de um grupo de nadadores salvadores que tinham tudo menos uma vida entediante. É que, por incrível que pareça, quando eles chegavam a uma praia as coisas mais fantásticas e mirabolantes aconteciam. Era como se tivessem um íman que atraía todas as aventuras para si deixando os seus restantes colegas no resto do mundo com a entediante função de ficar sentados na areia o dia todo, a olhar para o mar, tendo como ponto alto do dia levantarem-se e irem dizer aos banhistas mais aventureiros que saíssem da água pois a bandeira está vermelha*.
Se num dia tinham que resgatar os sobreviventes de um barco encalhado no mar, no dia seguinte tinham que lidar com um grupo de ladrões que decidia usar alguns banhistas como reféns para escapar da polícia. Sem esquecer os ataques de tubarões, concursos de biquíni, perseguições em alto mar, descobertas de grutas secretas, (e a lista continua com tudo de fantástico que se possam lembrar que seja realizável numa praia).

Mas Marés Vivas era muito mais do que isto. Marés Vivas apresentou ao mundo alguns dos actores/personagens mais incríveis ao mesmo tempo que ensinava a pequenos e graúdos importantes lições que ainda hoje norteiam a vida daqueles que foram abençoados com a possibilidade de ver esta série. E é precisamente sobre esses dois pontos que nos debruçaremos de seguida.

Actores/ Personagens absolutamente incríveis:

- David Hasselhoff (Mitch Buchannon)

Mitch foi uma das personagens que mais tempo esteve na série. Líder nato, provou-nos que é possível ser-se um nadador salvador tremendamente sexy mesmo ostentando uma farta cabeleira encaracolada. Apesar de pai solteiro, sempre teve tempo para cuidar do seu filho e namorar algumas senhoras bonitas que foram surgindo ao longo das temporadas. Agora vocês dizem:  “Mas ele tinha uma forma de correr tão atabalhoada…”. E nós respondemos: “É verdade. Mas o que é que vocês estão à espera de alguém que teve de correr durante 11 anos (!!) em areia escaldante frente às câmaras mesmo quando os bicos-de-papagaio e as artroses começaram a atacar? E têm que admitir que a forma como ele corre em câmara lenta no genérico é um dos grandes marcos da série!!”.
Pena foi que tenha saído de forma tão inglória da série: para salvar mais um dos seus amores, foi apanhado na explosão de uma bomba e o único vestígio que restou foi uma parte do seu fato de mergulho com o seu nome inscrito (Isto não são umas bombas quaisquer! É preciso saber explodir uma pessoa e deixar intacta precisamente a parte do fato que tem o nome dela para facilitar a vida aos polícias).



- Brandon Call/Jeremy Jackson (Hobie Buchannon)

Pelo nome já devem ter percebido que se trata do filho de Mitch. Este personagem, na nossa opinião, nunca teve o destaque que merecia ao longo de toda a série, tendo assumido sempre um papel bastante secundário. Contudo, a sua mensagem não passou indiferente a ninguém: é possível crescer com um pai de farta cabeleira encaracolada e mesmo assim conseguir optar por um penteado cheio de estilo e adequado à altura em que se vive.




- Alexandra Paul (Stephanie Holden)

A eterna amada de Mitch. Durante várias temporadas esperámos ansiosamente que ambos admitissem aquilo que sentiam um pelo outro mas tal nunca acontecia.
Foi uma das personagens femininas mais importantes de sempre e, sem dúvida alguma, a mais inteligente. Nos cinco anos que esteve na série chamou-nos a atenção para um facto muito importante: é possível ser-se uma excelente nadadora salvadora mesmo sem se ter implantes de silicone nas mamas e botox nos lábios.
Tivemos foi pena da sua falta de timing pois só se lembrou de confessar a Mitch o amor que sentia por ele depois de ter o mastro de um barco em cima de si e estar a segundos de morrer (pelo menos viveu tempo suficiente para ouvir o protagonista a dizer que também a amava…e caso estejam a questionar-se sobre isso: sim, derramámos algumas lágrimas nesta cena!!).


-Pamela Anderson (C.J. Parker )

Hoje em dia, quando alguém fala em Marés Vivas a primeira personagem que vem à cabeça dos homens e mulheres que acompanharam esta série é C.J. Parker. Não porque esta primasse por diálogos muito interessantes mas sim por aquilo que ainda hoje mantém Pamela Anderson nas bocas do mundo: as suas (gigantescas) mamas. Os homens pensam nela pois foi a sua grande fantasia durante os 5 longos anos que a sua personagem esteve na série; as mulheres, por seu turno, não se esquecerem dos 5 longos anos em que iam passar férias até à praia e não se atreviam a olhar-se ao espelho quando em biquíni para não se sentirem inferiorizadas (vá lá, lembrem-se da Stephanie!).
Enquanto muitos achavam que o tamanho das suas mamas era exagerado nós pensamos precisamente o contrário: como má nadadora que Pamela era, tinha que ter algo que garantisse que viria sempre à superfície. Para além do mais, com aquelas mamas ninguém iria reparar na burrice da personagem!


- Michael Newman (Mike “Newmie” Newman)


Nesta altura devem estar a perguntar-se: “Mas quem é este personagem??”. Pois bem, achámos que era fundamental referi-lo neste post pois, para nós, ele é o exemplo vivo de que se formos perseverantes podemos estar numa séria durante 12 anos mesmo sem fazer nada de relevante.
Bem, vamos lá a recordar: lembram-se do único nadador salvador calvo e de bigode na série? Aquele que aparecia no genérico a atirar-se para a água como que a dizer “Eu também sei nadar, por favor coloquem-me em cenas com mais destaque!”? Pois bem, é ele mesmo! “Newmie” (cujo nome já não nos recordávamos e tivemos que ir consultar à internet) foi uma personagem que, para nosso grande espanto, conseguir aguentar-se em Marés Vivas durante TODA a série!!! Das duas uma: ou era sobrinho do realizador ou então de tão despercebido que passava nunca ninguém reparou que ele lá andava e por isso não o “puseram a andar”.
Mas bem, já chega de falar dele, senão ainda tem mais destaque neste post do que em Marés Vivas…


Contudo, como dissemos anteriormente, nem só de actores/personagens incríveis se fez a série, mas também de importantes lições que todos devemos aprender e utilizar na nossa vida:

- As praias nos E.U.A. estão repletas de modelos (lá não há lugar para banhistas com uns “pneuzinhos”, nem para pessoas de meia-idade e idosas);
- Independentemente do que vos disserem em contrário, usar cuecas do biquíni que vos cheguem ao umbigo é extremamente bonito;
- A famosa técnica de reanimação cardiopulmonar (RCP), mais conhecida por reanimação “boca-a-boca”, resulta SEMPRE, não importa o tempo que a pessoa tenha ficado inconsciente na água e as “litradas” de água salgada que engoliu;
- As sereias realmente existem (mesmo que apareçam muito, muito raramente);
- As raias gigantes que fogem de aquários e que vão para o mar podem matar-vos se vos derem um choque;
- O ordenado de um nadador salvador nos E.U.A. dá para comprar uma mansão;
- Ir para dentro de grutas à beira-mar quando a maré está a subir foi, é e sempre será uma má ideia;
- Da mesma forma que ir para a ponta de um paredão, quando o mar está bravo, sem saber nadar também é uma má ideia;
- E por fim: se desejarmos com muita força e realmente acreditarmos, é possível que o espírito de um nadador salvador que tenha morrido entre num cão e este se torne num excelente cão nadador salvador.

Esperemos que tenham gostado desta viagem até a um passado não muito distante e que tenham percebido que não faz mal admitirmos que vimos Marés Vivas. De facto, devemos considerar-nos uns privilegiados em relação às gerações que crescem nos dias de hoje que não têm a oportunidade de assistir a séries tão sublimes como aquela que nos mostrou que ser nadador salvador é a melhor profissão do mundo.

Aqui fica o genérico da 9ª temporada (foi o que conseguimos arranjar com mais qualidade mas infelizmente já não aparecem todos os personagens mencionados acima. Mas não se preocupem pois o “Newmie” aparece com o seu fantástico mergulho!):

*Queremos, contudo, deixar bem claro todo o nosso respeito e admiração por tal profissão que tantas vidas salva todos os anos em Portugal e no resto do mundo.

Boas séries!



Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

10 comentários:

  1. Não?? Nem um pequeno relance??? Hum, parece difícil. De facto isto foi uma grande moda na década de 90 mas como se costuma dizer: "há sempre uma excepção para tudo".

    ResponderEliminar
  2. Ora bem, sim, eu via marés vivas, e sim, eu gostava! LOL

    Este foi, talvez, dos post's que mais me fez rir! Gostei imenso!!!!! :D

    ResponderEliminar
  3. guilty pleasure: tenho a música no mp3 p'ra me relembrar desses grandes tempos. e quando o apêndice tem part-times de nadador salvador obrigo-o a correr em slow-motion ao som da música. só porque não bato nada bem.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns meninas por terem dado este importante passo: admitir que viam Marés Vivas e GOSTAVAM!!! Sabemos que não é fácil nos dias de hoje mas pensem o quão orgulhoso o Mitch deve estar... :))

    Ainda bem que gostaste do post Roberta!!
    E sim Red, a música é um dos grandes marcos da série e enquanto fazíamos este post ouvimo-la vezes sem conta. Vai ser sempre a música mais apropriada a qualquer Verão e a qualquer corrida em câmara lenta na praia que se preze!!

    ResponderEliminar
  5. este post deu-me mesmo vontade de ver Marés Vivas!!! A descrição estava genial!!

    Ah!! e foi um dos post's mais engraçados!!! :D
    Parabéns!!!

    ResponderEliminar
  6. Pois Cátia mas, infelizmente, ver Marés Vivas sem ser na época devida não tem o mesmo "sabor". Deixa lá, aproveita ao menos as valiosas lições qe partilhamos contigo neste post :p

    ResponderEliminar
  7. fui tãooooooooo feliz a ver Marés Vivas! a minha mãe passava-se comigo, não desgrudava da TV.
    Quem viu e quem vê o David Hasselhoff!kakakakaka

    ResponderEliminar
  8. the "huff" is huge in germany, he sang the main song after berlin wall was take it down. besides that fact the "huff" dont have any credit for any other artistic talent or doesnt?....


    o yeah baywatch the show where women&men are in swimwear all the time, fakes boobs bouncing to the theme song of baywatch( i dont upset for this, i aplaud it haha) beautiful people in swimwears ALL THE TIME, sex is a powerfull source of income in any business specially when they sell this show so well in cable cuz, stupidly people in USA executive of public channels dont believe it in this show when they started...same thing with star wars...

    this show is huge in the world mostly in the 90´s, the thing i feel upset is dont gave them a finale they deserve, and happends when show are too long, the writers dont know how end it.

    a good show for the winter haha.
    4 estrellas de 5
    rockero

    ResponderEliminar
  9. alguem conhece quem edite legendas sei um site onde tem as legendas em pt para baywatch apenas precisa de uma edição

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%