Envie esta página a um amigo!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

4

Evento: Queima das Fitas (1º dia - Serenata)

QUEIMA DAS FITAS - 1º DIA - A SERENATA

As nossas pastas com as nossas fitas :)




A Serenata é, sem dúvida, dos momentos que consideramos mais importantes durante a Queima... foi por isso que ficámos muito tristes quando, mais uma vez, nos deparámos com pessoas ao nosso lado constantemente a falar e a desrespeitar o silêncio  que é pedido nesta situação. Nós somos da opinião de que quem não quer está ali, ou está apenas interessado em "engatar" meninas ou em conversar...bem, mais vale não vir à Serenata.

Posto isto, é necessário ainda dizer que ficámos desiludidas com a escolha musical. As musicas instrumentais estavam fantásticas! As cantadas é que não! Faltou uma série de músicas que todos os finalistas, incluindo nós, gostaríamos de ouvir. E porque é o nosso último ano como estudantes de Coimbra, deixamos aqui uma foto da equipa do FLAMES presente na serenata, e algumas fotos no evento. Espero que gostem ;)








E aqui fica um bocado da música de ontem...




Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

4 comentários:

  1. Vejo aqui alguma raiva acumulada com algumas situações de ontem, mas percebo-te perfeitamente pois, de facto, a Serenata Monumental é um momento único que deve ser desfrutado da melhor forma (o que exclui qualquer pessoa que esteja lá para apenas perturbar os outros e dar pontapés na gramática, nomeadamente no seu parco inglês).

    Contudo, sem dúvida que foi uma bela noite que ficará para sempre nas nossas memórias, ou não fôssemos nós finalistas fitadas...

    Agora: QUEEEEIIIIMMMMAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!! :)

    ResponderEliminar
  2. Não Mary, nenhum raiva...apenas achámos importante mencionar este facto! Mas a verdade é que toda a noite foi tão boa, que este pequeno episódio de certo que vai desaparecer das nossas memórias, e vamo-nos lembrar apenas da boa noite que passámos todos juntos (tirando no momento em que se ouviu um grande berro: Rooooooobeeeeeeeerrrrrttttttttttttaaaaaaaaaaaaa...lol

    ResponderEliminar
  3. Epá, eis-me de volta

    Não sei do que falam pois desconheço esse dialecto, deve ser uma coisa importante, mas não em Lisboa.

    De qualquer das formas nunca tive tempo para essas coisas, o curso foi tão lixaod de tirar que nunca imaginei que tivesse tempo para fazer outras coisas que não estudar, de qualquer das formas o facto de alguns de nós que não são da Opus Day, nem da Maçonaria, nem tão pouco filhos dos gajos do PSD, temos uma vida académica mais lixada, temos de fazer o dobro dos outros para chegarmos a algum lado que fica à sempre aquém dos lugares que as mediocridades conseguem por meio de cunhas, portanto, se tem sido hoje talvez tenha deixado de andar a "bater em ferro frio" e bebido uns copos com a malta da tuna, aliás é na altura da queima das fitas que até se usa saia e se vêm uns tornezelos, coisa rara nesta sociedade onde os homems não podem parecer homens nem as mulheres, mulheres.

    De qualquer das formas um gajo oriundo como eu do lixo dos subúrbios e da províncias nunca poderia dar grande importância a toda essa simbólica.

    De qualquer das formas suponho que isso tenha sido importante para vós, por isso, olha que se lixe... curtam bué...

    madmax

    ResponderEliminar
  4. Acho que no geral foi uma bela serenata ;)
    Esperamos que o resto da queima corra igualmente bem ou melhor eh

    Ah e madmax acho que te referias à Opus Dei

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%