Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 16 de abril de 2015

4

Livro: O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares




Título Original:  Miss Peregrine's Home for Peculiar Children
Ano: 2011
Género: Fantasia
Autor: Ransom Riggs


Apaixonada por histórias de terror como sou fiquei literalmente obcecada assim que vi este livro pela primeira vez. Nesse momento decidi que o tinha de ter!


Sinopse:
"Uma ilha misteriosa. Uma casa abandonada. Uma estranha colecção de fotografias peculiares. Uma terrível tragédia familiar leva Jacob, um jovem de dezasseis anos, a uma ilha remota na costa do País de Gales, onde vai encontrar as ruínas do lar para crianças peculiares, criado pela senhora Peregrine. Ao explorar os quartos e corredores abandonados, apercebe-se de que as crianças do lar eram mais do que apenas peculiares; podiam também ser perigosas. É possível que tenham sido mantidas enclausuradas numa ilha quase deserta por um bom motivo. E, por incrível que pareça, podem ainda estar vivas... Um romance arrepiante, ilustrado com fantasmagóricas fotografias vintage, que fará as delícias de adultos, jovens e todos aqueles que apreciam o suspense." 


Opinião:
Para mim, este livro de terror tem apenas um defeito: não se trata de um livro de terror!
Confesso que as primeiras páginas me deixaram algo arrepiada, à medida que vias as fotos estranhas que o autor colocou e acompanhava Jacob até à misteriosa casa. Contudo, a partir de determinada altura, o livro segue um rumo completamente diferente e torna-se numa história de fantasia, mais do que de terror. 
Dentro desse espírito do fantástico considero que Ransom Riggs conseguiu criar uma trama interessante: repleta de crianças com estranhos poderes e de vilões temidos e perigosos. O ritmo foi bom, com muita acção e bastante humor, foi aliás o sentido de humor a característica que mais apreciei na escrita do autor.
No entanto, por mais interessante que tenha sido esta história de fantasia, não pude deixar de sentir que tinha sido algo enganada pois tudo, desde a capa à sinopse do livro, levava a crer que esta seria uma história de terror.
Não posso terminar este post sem destacar o lado estético do livro: os seus acabamentos e as fotos vintage que o compõem tornam-no num livro de ter por casa. Esta é daquelas obras que mais do que pela sua história, valem pela sua componente estética. Nesse aspecto, Ransom Riggs acertou em cheio!


Por Mariana Oliveira

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

4 comentários:

  1. Olá Mariana,

    Eu detesto filmes de terror, mas livros de terror nunca li. Tenho a sensação que vou me vai arrepiar toda. Por isso nunca experimentei.
    Mas preciso de um livro para Outubro para o tema de terror e já ando à procura. Vou ficar com este debaixo de olho :)

    Beijinhos e boas leituras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isaura. Este livro, como eu disse, não está bem na categoria de terror (apesar de ser apresentado assim) mas nada como experimentares para saberes como é ;)
      Como eu disse, as fotos são fantásticas!!

      Beijinhos,
      Mariana

      Eliminar
  2. Se fosse um livro de terror do principio ao fim comprava de certeza , pois adoro o tema.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também adoro histórias de terror! Se é essa a tua motivação Ana, o melhor mesmo é não escolheres esta obra. Está interessante mas é muito pouco assustadora.

      Beijinhos,
      Mariana

      Eliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%