Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

9

Filme: Oldboy - Velho Amigo


         
Título Original: Oldboy
      Ano: 2003
   Género: Drama, Suspense
                                   Realizador: Chan-wook Park                               
                                    País de origem: Coreia do Norte                                 


A cultura oriental, nos últimos anos, tem vindo a despertar em nós uma curiosidade crescente. Talvez por se distanciar tanto da nossa e por nos presentear com novidades de cada vez que decidimos descobrir mais um pouco acerca desta. Assim, não é de admirar que, aos poucos, comecemos a ver filmes feitos nos mais diversos países asiáticos, sendo que o último com que nos cruzámos é “Oldboy”. De origem Norte Coreana, esta história baseia-se num manga de 1997 que, como provavelmente já sabem, é uma das formas de arte japonesas mais conhecidas e apreciadas em todo o mundo.

A história relata-nos as peripécias em que Oh Dae-Su se vê envolvido, quando num dia não muito especial é literalmente raptado e colocado numa prisão DURANTE 15 ANOS. Isto sem ter qualquer tipo de explicação e possibilidade de contactar com o mundo exterior (família, amigos, ….). Num certo dia, é libertado no telhado de um edifício, não sem antes o vestirem com um caríssimo fato, lhe darem imenso dinheiro e um telemóvel. Quando decide partir em busca dos culpados pelos seus anos desperdiçados numa prisão, descobre que o seu raptor continua a vigiá-lo e que tem planos bem definidos para ele…

Contar mais sobre a história seria estragar as surpresas que este filme apresenta. E não são poucas, acreditem.
Ficámos muito surpreendidas com a qualidade de Oldboy. A história consegue prender-nos desde o primeiro minuto e não conseguimos parar até ver todos os mistérios desvendados. É difícil pensar em algo que não nos tenha agradado neste filme pois está tudo muito bem conseguido: o guião, as interpretações, as cenas de luta, banda sonora…e poderíamos continuar enumerando muitos mais aspectos. O segredo em Oldboy está, muito provavelmente, nos vários mistérios que a história vai apresentando a começar pelo título (que despertou em nós suficiente curiosidade para ver este filme) que aparentemente não diz nada mas que depois de vermos o filme passa a dizer tudo. Desta forma, não temos “outro remédio” senão ver o filme até ao fim numa expectativa crescente; fim este que não nos desiludiu nem um pouco (ok, há um pequeno aspecto que se dispensava muito bem mas que não convém revelar para não “spoilar”).
Entendemos que quem não estiver familiarizado com o cinema asiático (até nós somos umas novatas por estas andanças) vá estranhar um pouco este filme, mas por certo não deixará de apreciar a sua qualidade. Contudo, deixamos aqui um aviso: uma característica constante neste filme são as cenas “fortes” (ou seja, alguma violência com muito sangue incluído) e algo “crus”. Mas até seria de admirar se assim não fosse, pois algo que caracteriza grande parte dos filmes asiáticos é essa mesma “aspereza” com que nos apresentam algumas das situações nas suas histórias.

Nota: Entre os vários prémios que ganhou (17 no total e mais 9 nomeações), Oldboy recebeu o Grand Prix no Festival de Cannes em 2004 (o segundo prémio mais importante deste festival lodo a seguir à Palma de Ouro)

Aqui fica o Trailer:


Bons Filmes!!

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

9 comentários:

  1. O que dizer deste filme?
    Primeiro que superou EM GRANDE as minhas expectativas, e depois que o ACONSELHO a toda a gente (ok, talvez não às pessoas mais sensíveis). Mas se gostam de mistério, este é um filme obrigatório.
    Pronto, existe uma coisinha que acho demasiado previsível, e o tal pormenor desnecessário de final (para não contar que o final ainda não em é muito claro), mas sem dúvida que valeu a pena :)

    ResponderEliminar
  2. Ah ah, mas então o que vos levou a pedir maus post's? Mas penso que aquilo que escrevi no meu post será um sentimento comum à maioria dos seres humanos...
    Quanto a este filme, não o consegui ver até ao fim, mas achei-o um filme de qualidade. :)

    ResponderEliminar
  3. Resende17,
    Oh, desculpa mas foi um erro nosso. Queríamos dizer "mais" e não "maus" posts!! É que, na verdade, concordamos com aquilo que aqui dizes. Quem é que nunca sentiu isto?
    Em relação a Oldboy: dizes que gostaste mas...não viste até ao fim, porquê?

    ResponderEliminar
  4. Roberta,

    Concordamos com tudo o que dizes excepto numa coisa: o final foi bastante claro para nós.

    ResponderEliminar
  5. A vossa descrição fez qualquer pessoa desejar ver o filme! :)

    Mas depois resolveram ser desmacha-prazeres e dizer que as pessoas mais sensíveis "não devem" ver o filme! Para a próxima, coloquem um alerta no início do post, para aqueles que, eventualmente, possam ficar melindrados com a situação!! :P

    Parabéns, mais um grande post!! :)

    ResponderEliminar
  6. Bom, digamos apenas que não consegui manter-me atento ao filme, no entretanto surgiram outras "distracções", mas tive pena de não o ter visto até ao filme, talvez ainda o volte a reproduzir um dia destes, obrigado por me "relembrarem" deste filme!
    Beijos...
    Bom trabalho :)
    Fernando Resende

    ResponderEliminar
  7. Pois é Cátia, isto não é para quem quer, é para quem pode! "Mai" nada!!! :p

    ResponderEliminar
  8. Força Horácio! Depois diga-nos a sua opinião! ;)

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%