Envie esta página a um amigo!

segunda-feira, 23 de junho de 2014

0

Livro: O Prazer da Leitura




Os livros de contos nunca foram os meus favoritos, mas este atraiu-me por, na capa, estarem dois nomes de peso. Primeiro Ondjaki que recentemente foi premiado. Outro, o grande e fabuloso Afonso Cruz de que sou fã incondicional.
Este pequeno livro acabou por se tornar grande à medida que o fui lendo, pois a qualidade dos contos é incontestável. Para além de o recomendar vivamente, quero-vos deixar uma pequena descrição (SEM SPOILERS) de cada conto, e a minha opinião sobre cada um.


A mulata, o mosquito e Chet Baker
Ondjaki
A história: O que fará Chet Baker num pub/bar e que relação terá ele com uma mulata e um mosquito?

A opinião: Foi a primeira coisa que li de Ondjaki, e não foi capaz de me encher as medidas. Foi, de todos os contos, o que menos gostei, e só a meio me identifiquei com a escrita. Não consegui criar grande empatia com as personagens.

O cavaleiro ainda persegue/a mesma donzela
Afonso Cruz

A história: O narrador da história parte à procura de uns possíveis escritos perdidos do seu autor favorito, autor esse que apenas escreveu um livro.

A opinião: Ainda deve estar para vir o dia em que Afonso Cruz me desiluda. Aliando uma história fabulosa com uma escrita mágica, este conto só podia dar uma explosão de emoções.

Por ares nunca dantes
Onésimo Teotónio Almeida 

A história: Comovido com a doença de um amigo, o narrador deste conto empresta uma grande quantia de dinheiro a Vanda, para que esta leve o marido a Portugal por forma a que morra na sua terra Natal.. e é aí que a desconfiança se instala..

A opinião: Como conhecia Afonso Cruz, não fiquei surpreendida com o seu conto. Onésimo foi, assim, a minha primeira grande surpresa neste livro. Uma escrita fluída e interessante, com um final que considerei o mais adequado, mas que sei que poderá desiludir a alguns..

A mulher com Mê grande
Ricardo Adolfo 

A história: Víctor encontra um envelope em cima da mesa da sala. A sua leitura não o permite combater o seu grande inimigo: a insónia. E assim, começam um conjunto de peripécias despoletadas pela leitura...

A opinião: Este foi O MELHOR CONTO QUE JÁ LI EM TODA A MINHA VIDA e já perdi a conta ás rezes que o reli. FABULOSO, de morrer a rir. Li-o em casa, em silêncio, em voz alta, no jardim, no autocarro, outra vez em casa, li-o a mim própria, li-o aos outros... AMEI e quero ler muitas obras de Ricardo Adolfo depois disto.

A biblioteca
Dulce Maria Cardoso

A história: Um homem conta a sua história e como é que os livros lhe salvaram a vida...

A opinião: Mais uma história interessante.. mais uma escritora que desconhecia... mais uma escrita que me cativou 

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%