Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 25 de junho de 2015

4

Entretenimento: Geocaching




Já muitos terão certamente ouvido falar em Geocaching, mas provavelmente só uma minoria terá experimentado fazê-lo. 
A minha experiência nesta actividade ao ar livre é muito recente, terá uns dois meses no máximo, mas já me rendi a esta brilhante ideia!
Apesar de contar já com 15 anos de existência, o aumento de seguidores desta actividade em Portugal tem sofrido um aumento mais significativo nos últimos anos, provavelmente, fruto de um mais fácil acesso à Internet.

Quem nunca ouvi falar no Geocaching estará certamente a questionar-se: mas, afinal, do que está ela a falar?
É muito simples: o Geocaching consiste em esconder e/ou procurar caches (basicamente, são pequenos contentores) por todo o mundo. Como é que depois podemos encontrá-los? Com um simples GPS ou qualquer outro tipo de equipamento que nos permita ler coordenadas.
Em primeiro lugar, diferentes pessoas escondem várias caches nos locais à sua escolha (a única regra é terem cuidado em escondê-las bem não vá pessoas que passem lá por acaso depararem-se com a cache e dar-lhe sumiço!), depois colocam as suas coordenas e outras pistas que considerem importantes no site oficial e... começa a busca! A ideia é encontrarmos o máximo número possível de caches, assinarmos o nosso nome no livrinho deixado lá para o efeito, tirarmos um brinde e deixarmos lá outro em alguns casos, marcar no nosso perfil no site essa mesma cache e... siga para outra!

O que mais gosto no Geocaching não é o interessante desafio de descobrir o paradeiro das caches, mas sim o convívio que esta actividade origina quando feita em grupo e a oportunidade de ficar a conhecer sítios que, mesmo estando tão perto de minha casa, nunca tinha visitado. Depois de me iniciar no Geocaching fiquei a perceber a quantidade ENORME de caches que existem no nosso país e agora sempre que vou a algum sítio não consigo deixar de pensar nas caches que poderão estar a pouquíssimos metros de distância. De repente, qualquer rua ou esquina ganharam um significado especial!

Curiosos? Só tem que meter pés ao caminho, aproveitar este sol radiante e... partir à descoberta! Boas caches!

Por Mariana Oliveira

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

4 comentários:

  1. Já conheço o geocaching há algum tempo, mas nunca experimentei porque, como vivo no fundo do mundo, não há nada para encontrar :s Como ainda é uma coisa "nova" em Portugal, penso que há mais contentores nas grandes cidades como Lisboa e Porto.

    Ludgero Cardoso | Ludutopia

    ResponderEliminar
  2. Não sei onde vives Ludgero, mas posso garantir-te que não é só nas cidades grandes que existem caches. Eu própria moro longe de grandes cidades e estou rodeada de dezenas de caches! Experimenta visitar o site oficial e ficarás surpreendido ;)

    Mariana

    ResponderEliminar

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%