Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 6 de julho de 2017

0

Livro: O Universo nos teus olhos



Título Original: Holding Up The Universe
Ano de Edição: 2017
Género: Romance
Autor: Jennifer Niven
Editora: Nuvem de Tinta


* Por Mariana Oliveira *


Fiquei a conhecer a autora Jennifer Niven com a obra que a celebrizou, “Fala-me de um dia Perfeito”, e devo dizer que foi um primeiro contacto bastante interessante. Por isso mesmo, ao avançar para a leitura de “O Universo nos Teus Olhos” as expectativas estavam algo elevadas pois parecia que todos, menos eu, já o tinham lido e tinham gostado.


Sinopse:
“O amor verdadeiro é como o universo: não tem fim. Libby Strout, outrora a adolescente mais gorda da América, conseguiu finalmente ultrapassar o desgosto causado pela morte da mãe e está pronta para voltar a viver. Jack Masselin é o típico rapaz popular do liceu. Contudo, Jack sofre de prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer caras. Quando o destino junta Libby e Jack, a solidão que cada um sente dá lugar a sentimentos muito diferentes… Uma história de superação de um amor verdadeiro e invulgar que nos devolve a esperança no mundo, em nós e no outro.”


Opinião:
A principal motivação que me leva a ler assenta na oportunidade que os livros me proporcionam de viver outras vidas e viajar para outras realidades. Então quando para além disso um livro nos ensina algo em concreto a experiência torna-se mais rica. Foi precisamente isso que me aconteceu com esta obra.
Se já tinha ouvido falar em obesidade? Claro que sim! Contudo nunca tinha tido a oportunidade de ver através dos olhos de uma adolescente o que significa crescer com essa dificuldade.
Já a prosopagnosia, foi a grande novidade para mim. Nunca tinha ouvido falar nessa doença e foi com surpresa que descobri que afecta uma percentagem da população bastante superior àquilo que eu poderia imaginar. Não pude deixar de questionar-me vezes sem conta como será viver sem conseguir reconhecer a nossa família e amigos. O esforço hercúleo que deve ser ter de estar constantemente a “começar de novo”. Quando olhamos para alguém, temos de procurar indicadores que nos possam dizer com quem estamos a falar. Deve ser uma doença horrível mas que no caso do nosso protagonista, o Jack, o torna num jovem especial com uma força de vontade acima da média.

Mais uma vez a autora Jennifer Niven pega em dois adolescentes que lutam contra as suas dificuldades e que se sentem incompreendidos e dá-nos uma história de superação que nos mostra que o amor e a compreensão podem fazer milagres na vida de qualquer pessoa, principalmente na vida de quem desde muito cedo teve que lidar com bastantes adversidades.
Enquanto no livro “Fala-me de um dia perfeito” o tom da história varia entre a esperança e o desespero, em “O Universo nos teus olhos” senti que a trama era mais leve mesmo com todas as dificuldades por que Libby e Jack passam.

A única coisa que me fez torcer o nariz, mas a que ainda me vou dedicar a pesquisar para perceber se é ou não possível, é o facto de Jack sofrer de prosopagnosia desde que tem memória de existir e mais ninguém saber desse facto. Nem sequer os pais e irmãos dele sabiam! Será que é possível a uma criança esconder 24h por dia, 7 dias por semana uma doença dessas durante anos? Tendo em conta a pesquisa feita pela autora sobre a doença sim, mas mesmo assim acho que me vou debruçar mais sobre o assunto para ficar realmente esclarecida.


Se procuram um livro jovem adulto contemporâneo, “O Universo nos teus olhos” pode ser a escolha ideal visto que nos leva através de uma história enternecedora, que nos mostra que não importa o que de mal pode acontecer nas nossas vidas pois enquanto aqui estivermos a felicidade poderá estar ao nosso alcance. 

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%