Envie esta página a um amigo!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

0

Livro: Vemo-nos no Cosmos



Título Original: See you in the cosmos
Ano de Edição: 2017
Género: Aventura, Drama
Autor: Jack Cheng
Editora: Nuvem de Letras


* Por Mariana Oliveira *

O que é que acontece quando um pré-adolescente decide gravar várias mensagens num ipod a descrever o mundo para que possa enviar o aparelho para o espaço a fim de ser encontrado por extraterrestres? O livro “Vemo-nos no Cosmos” é criado, claro está!


Sinopse:
“Alex é um rapaz de onze anos obcecado com o espaço. Construiu um foguetão e apanhou um comboio rumo a um festival de lançamento de foguetões artesanais. Numa viagem cujo destino insiste em mudar a cada paragem, Alex irá aprender que nem tudo é o que parece, que a família perde-se e ganha-se ao longo do caminho, e que a coragem, a verdade e o amor são as únicas bússolas de que realmente precisamos.”


Opinião:
Não foram necessárias muitas páginas para perceber que o pequeno Alex é provavelmente o protagonista mais fofo com que alguma vez me cruzei. Genuinamente inocente, este jovem apaixonado pelo universo descreve-nos o mundo sob o seu ponto de vista, que é o mesmo que dizer que vê tudo através de umas lentes cor-de-rosa. Contudo, cedo percebemos que a vida deste menino está longe de ser perfeita: um pai que faleceu, um irmão ausente e uma mãe negligente contam já no currículo de Alex e só mesmo o seu cão e a sua paixão por foguetões lhe mantêm um sorriso no rosto.

A forma original como a história está escrita é, para mim, o ponto alto deste livro. Cada capítulo consiste numa gravação feita por Alex no ipod, para futuramente os extraterrestres que o encontrarem possam ter uma ideia o mais fiel possível do que é a vida na Terra. Por causa disto, esta leitura acabou por ser uma experiência sensorial diferente pois senti que estava mesmo a ouvir gravações seguidas de gravações, ao invés de me limitar a ler um livro.

O único problema que tive com este livro prendeu-se precisamente no irritante hábito que o protagonista tem de repetir coisas. Por isso mesmo, em algumas gravações ele decidia fazer um pequeno resumo daquilo que tinha acontecido até então e esses momentos acabavam por me cansar um pouco.


Este é um livro repleto de peripécias, com uma trama aparentemente simples mas que à medida que progride acaba por se ramificar em pequenas situações que contribuem para o amadurecimento do pequeno Alex e para a resolução das pontas soltas que ele tem na sua vida. 
Uma leitura ternurenta que nos apresenta um menino inocente que acredita que o mundo é um lugar tão especial que vale a pena apresentá-lo ao resto do Universo. E esta capa? Não é absolutamente maravilhosa?!

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

0 Opiniões:

Enviar um comentário

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%