Envie esta página a um amigo!

domingo, 1 de março de 2015

5

Deixava de dormir por...: novidades do mês de Fevereiro

Fevereiro é o mês do amor... amor por livros novos! Foi um mês com novidades tão interessantes que nem sabemos para onde nos virar primeiro! 


"Um mundo onde não se vive, antes se sobrevive. Este é o cenário de fundo do mais recente lançamento Coolbooks, a segunda coletânea de contos de Olinda P. Gil. Depois de Sudoeste, em Sobreviventes encontramos várias personagens que carregam no peito o espírito de insurreição e esperança, e se batem em diferentes cenários adversos - desde guerras a viagens no tempo, passando por governos extremistas que condicionam a liberdade humana. Mas mesmo na luta pela sobrevivência há espaço para atos altruístas. E é assim que em Sobreviventes assistimos ao sacrifício daqueles que pouco têm para alimentar o desejo secreto de um futuro melhor, não se conformando com o destino que lhes é forçado. Um mundo onde não se vive, antes se sobrevive. Este é o cenário de fundo do mais recente lançamento Coolbooks, a segunda coletânea de contos de Olinda P. Gil. Depois de Sudoeste, em Sobreviventes encontramos várias personagens que carregam no peito o espírito de insurreição e esperança, e se batem em diferentes cenários adversos - desde guerras a viagens no tempo, passando por governos extremistas que condicionam a liberdade humana. Mas mesmo na luta pela sobrevivência há espaço para atos altruístas. E é assim que em Sobreviventes assistimos ao sacrifício daqueles que pouco têm para alimentar o desejo secreto de um futuro melhor, não se conformando com o destino que lhes é forçado."


"Rachel apanha o mesmo comboio todas as manhãs. Todos os dias balança ao longo da linha, vislumbra uma extensão de casas suburbanas acolhedoras, e para no sinal que diariamente lhe permite observar o mesmo casal a tomar o pequeno-almoço no seu alpendre. Chega a ter a sensação de conhecê-los. “Jess e Jason”, é como lhes chama. A vida deles — aos seus olhos — é perfeita. Não muito diferente da vida que perdeu recentemente. É então que vê algo perturbador. Apenas durante um minuto até o comboio voltar a andar, mas o suficiente. Já nada está como antes. Incapaz de guardar para si, Rachel vai à polícia contar o que sabe, e torna-se parte indissociável do que acontece a seguir e das vidas de todos os envolvidos. Terá ela feito mais mal do que bem? De leitura compulsiva, A Rapariga no Comboio é uma estreia eletrizante e emocionalmente imersa num thriller Hitchcockiano."

"Felismino, vive uma vida feliz até encontrar a mulher, morta, na horta de casa. Amava-a muito e a sua perda aprisiona-o, passando a habitar num mundo de sonho e imaginação. O seu filho Edmundo é um simples operário. Mas tem um segredo que esconde às pessoas da sua aldeia: gosta de ler livros. E ama o seu pai, mesmo doente e ausente de tudo. Um dia, ao ir para o trabalho, Edmundo tem um terrível acidente. Preocupada com a sua ausência, a mulher sai com a filha, ainda pequena, à sua procura. Mas o dia estava frio e tempestuoso e a menina apanha uma pneumonia. Morre dias mais tarde.O mundo de Edmundo entra em colapso. Mas será no lugar mais inesperado de todos que vislumbra o sentido de todas as coisas e compreende o verdadeiro valor do amor, da vida e da amizade. Quando o Sol Brilha é um regresso ao Portugal da nossa infância, mostrando que nas lições simples da vida reside a esperança que nos move."

"Chamaram-lhe terramoto e furacão. Uns apelidaram-no de general-dinamite, outros de cowboy e de general Coca-Cola. Ele próprio se retratou como um «Tufão sobre Portugal», mas foi outro o epíteto que ficou para a posteridade e no coração do Povo: Humberto Delgado, o General Sem Medo. Esta é a primeira biografia do homem que desafiou Salazar ao proferir a célebre frase: «Obviamente demito-o!». Candidato à Presidência da República em 1958, Humberto Delgado galvanizou multidões de Norte a Sul, tendo sido vítima de uma das maiores fraudes eleitorais da História. A sua morte às mãos da PIDE, em 13 de Fevereiro de 1965, foi o principal assassínio político da ditadura e marcou indelevelmente a memória colectiva. Mito do Século XX, Humberto Delgado renasce neste livro, que narra passo a passo o romance de aventuras da sua vida, desde a infância no Ribatejo até à cilada de Badajoz. Escrita por Frederico Delgado Rosa, neto de Humberto Delgado, a presente biografia desvenda factos totalmente desconhecidos até hoje, relata pormenores intimistas vedados aos historiadores e faz surpreendentes revelações sobre o assassinato, lançando uma nova luz sobre o «Caso Delgado»."

"O livro ilustrado para a infância, do escritor Ondjaki, venceu o "Prémio Caxinde do Conto Infantil" e fala de uma aproximação à natureza e uma autoaprendizagem sobre as emoções. A pequena deusa que inventou a chuva, a partir de lágrimas doces e salgadas, é a protagonista do novo livro ilustrado para a infância "Ombela - A origem das chuvas", do escritor angolano Ondjaki, ilustrado por Rachel Caiano. O livro é editado pela Editorial Caminho e lançado em Portugal na próxima semana, depois de já ter tido edição no Brasil e em Angola, onde foi distinguido com o "Prémio Caxinde do Conto Infantil". Na história, Ondjaki atribui a uma menina, filha de deuses, o poder da criação da chuva, através da tristeza e das lágrimas salgadas, que enchem oceanos. É o pai dela que lhe ensina que "a tristeza faz parte da vida" e que também se pode chorar de felicidade, com lágrimas doces que enchem rios e lagos. "Ombela", que propõe aos pequenos leitores uma aproximação à natureza e uma autoaprendizagem sobre as emoções, significa "chuva" em umbundu, uma das línguas faladas em Angola."


"1539, a corte de Henrique VII teme cada vez mais as constantes mudanças de humor do rei envelhecido e doente. Apenas com um bebé, como herdeiro, o rei tem de encontrar outra esposa e o perigoso prémio da coroa de Inglaterra é ganho por Ana de Cléves. Apesar de se mudar para um país onde os costumes e a língua são estranhos, Ana tem as suas razões para aceitar o casamento com um homem com idade para ser seu pai."

Partilha no Facebook, Twitter ou Google Buzz:
Partilha no teu Facebook Partilha no teu Twitter Pubblica noGoogle Buzz

5 comentários:

Obrigada por ter passado pelo nosso Blog e por comentar! A equipa do FLAMES agradece ;)

Gadget

Este conteúdo ainda não se encontra disponível em ligações encriptadas.

1%

1%